Por Redação do Esporte Jundiaí
Foto: Divulgação

A primeira fase da Copa do Brasil foi boa para o futebol paulista. Dos seis representantes que iniciaram o torneio nesta fase, cinco garantiram a continuação no torneio. Esse foi um dos melhores desempenhos nesta década, ficando atrás apenas de 2011 e igualando 2012.

Atuando em casa e com obrigação de vencer, XV de Piracicaba, Santo André e Ferroviária conseguiram derrotar, respectivamente, Londrina-PR, Criciúma-SC e Avaí-SC, adversários mais bem ranqueados. Na mesma situação, o Novorizontino acabou derrotado pelo Figueirense-SC, sendo o único paulista a ficar pelo caminho.

Já Oeste e Ponte Preta tiveram que fazer os primeiros confrontos como visitante. O time de Barueri foi até o Rio de Janeiro, onde segurou o empate contra o Bangu-RJ para avançar. Já o alvinegro campineiro viajou para Novo Hamburgo-RS, onde derrotou o time local por 2 a 1.

Sem confrontos paulistas na próxima fase, todos têm condição de avançar. Os confrontos serão XV de Piracicaba x Juventude-RS, Oeste x Ceará, Ponte Preta x Vila Nova-GO, Santo André x Goiás e Ferroviária x Águia Negra-MS. Todos os paulistas jogam em casa.

Vale lembrar que por estarem classificados para a Libertadores, Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo iniciam o torneio apenas na fase oitavas de final. Situação também vivida pelo Red Bull Bragantino, campeão da Série B nacional em 2019.