O Paulista vai abrir o seu espaço para a saúde pública de Jundiaí caso seja necessário, para ajudar no combate ao Covid-19 (coronavírus). O presidente do clube, Rogério Levada, colocou todas as instalações do clube à disposição para ajudar no combate ao coronavírus (covid-19).

“O clube colocou todas as suas dependências à disposição das autoridades da saúde, caso haja necessidade. Eu torço que não chegamos a um grande nível”, explicou Levada, em entrevista na edição de sábado do Jornal de Jundiaí.

Segundo o presidente, o estádio Jayme Cintra tem lugares aptos a receber pessoas. “Os quartos dos alojamentos podem ser usados em caso de necessidade. Eles podem servir para atendimentos e até para isolamento”, explicou Levada.

Também a cozinha do clube e a lavanderia poderiam ser usadas pelas unidades de saúde do município. “Toda ajuda é muito importante. Estamos vivendo um momento inédito no mundo. Por isso colocamos todo o clube à disposição, que acreditamos ter utilidade em caso de grande número de infectados”, lembra Levada.

Outros clubes no Brasil abriram as suas dependências para ajudar o país no combate ao coronavírus. O primeiro foi o Atheltico-PR que liberou o uso do seu estádio e CT para as autoridades de saúde. Outros vieram na sequência, que foram: Bahia, Botafogo-RJ, Ceará, Corinthians, CRB-AL, Criciúma-SC, Cruzeiro, Fortaleza, Goiás, Juventude-RS, Náutico-PE, Remo-PA, Santos e São Paulo.

Por Thiago Batista /// Foto: Thiago Batista