04/05/2020

Ajuda prevenção! Paulista vende 800 máscaras com seu escudo



No último sábado, o Paulista promoveu venda de máscaras personalizadas com o escudo atual do clube e outros logos da história do Galo. E o artigo virou um sucesso. Segundo o próprio clube, mais de 800 máscaras foram vendidas na frente do estádio Jayme Cintra.

Ao custo de R$ 5, uma nova venda deve ocorrer neste próximo final de semana, entre 9h e 14 h do sábado (9). Informações pelo telefone (11) 96105-9903.

Importância das máscaras na pandemia - Para conter o novo coronavírus, o Ministério da Saúde e outras entidades passaram a pedir que a população em geral use máscaras sempre que for necessário sair de casa. Antes de explicar como fazer versões caseiras — as cirúrgicas estão reservadas para profissionais, pessoas com suspeita ou diagnóstico da covid-19 e seus cuidadores.

Ao contrário do que se imagina, as máscaras de pano não impedem por completo que a pessoa contraia o vírus. Na verdade, elas funcionam mais como uma barreira mecânica para que o usuário não espalhe o novo coronavírus por meio de gotículas. Boa parte dos casos são assintomáticos, e que é possível transmitir o agente infeccioso alguns dias antes da doença manifestar sinais.

O Ministério da Saúde recomenda que a máscara seja feita com ao menos duas camadas dos seguintes materiais, em ordem decrescente de capacidade de filtrar partículas: tecido de saco de aspirado, cotton (55% poliéster e 45% algodão), tricoline (100% algodão) e fronhas de tecido antimicrobiano.

O mais importante é o formato. Ela deve cobrir totalmente a boca e o nariz e ficar bem presa no rosto, sem deixar espaços nas laterais ou no queixo. A máscara é de uso individual.

É importante lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel antes e depois de tocar a máscara. Posicione-a bem, para cobrir nariz e boca sem que fique desconfortável. Do contrário, há o perigo de cutucar toda hora para ajeitar.

Remova a máscara sempre pelo elástico. Se precisar encostar no tecido, faça isso com as mãos limpas, pegando pelo interior. Como esse lado da máscara não teve contato com o ambiente externo, não está contaminado.

O acessório deve ser trocado sempre que umedecer. Dobre com a parte de fora voltada para dentro e guarde-o em um saquinho plástico até o momento da higienização.

Em casos pontuais, como tomar água ou comer, dá para lavar bem as mãos, remover a máscara, armazená-la e, então, colocá-la novamente. Mas o ideal mesmo é ter uma segunda para essas situações.

Por Thiago Batista /// Foto: Divulgação
Ajuda prevenção! Paulista vende 800 máscaras com seu escudo Ajuda prevenção! Paulista vende 800 máscaras com seu escudo Reviewed by Thiago Batista on 06:00 Rating: 5