22/05/2020

Lucas Piton deixa futuro em aberto e quer fazer história no Corinthians



Tido como grande expectativa pela diretoria, comissão técnica e a torcida corintiana, o jovem lateral-esquerdo jundiaiense Lucas Piton, de 19 anos, vem despertando o interesse de diversos times da Europa. Recentemente, a Sampdoria apareceu como um possível destino para o jogador.

Para aumentar os rumores de uma saída do Corinthians, o atleta está finalizando o processo burocrático para obter o passaporte italiano, o que facilitaria ainda mais uma futura transferência. O jogador que é bisneto de italianos, minimizou essa busca pela cidadania. “É um direito que eu e meus familiares temos e acho que é bom ter não somente para o futebol”, explica ele, em entrevista ao site IG Esportes.

Sobre uma possível negociação na próxima janela, em um momento em que ainda tenta se firmar no time principal alvinegro, o jogador deixou em aberto essa possibilidade, mas alega ficar alheio a qualquer negociação. “Acredito que tenho que pensar no melhor para minha carreira. Eu não procuro saber sobre sondagens, negociações, etc. Busco focar totalmente dentro de campo, nos treinamentos, e buscar meu espaço no Corinthians. No futuro espero ter escrito uma história positiva e ser lembrado por onde atuei”, comenta.

Uma saída, porém, não será fácil. Piton, que renovou o contrato com o Corinthians em agosto do ano passado, conta com uma multa milionária. Uma quebra do novo vínculo, que foi estendido até dezembro de 2022, custaria ao interessado cerca de 35 milhões de euros, ou seja, quase R$ 219 milhões (pela cotação atual). Além disso, o jogador tem 100% dos seus direitos econômicos presos a equipe paulista.

Com boas apresentações e muita personalidade na temporada, Piton já ganhou a confiança da torcida do Corinthians, que, antes da parada das competições por conta da pandemia, cobrava a sua titularidade e criticava o técnico Tiago Nunes pela insistência com o experiente Sidcley.

Diante desse cenário, o jogador caminha para repetir o sucesso alcançado por outros laterais que vieram do “terrão” e deixaram saudades na torcida corinthiana, como é o caso do hoje técnico Sylvinho, o polêmico Kleber e, mais recentemente, o jovem Guilherme Arana, que atualmente defende as cores do Atlético Mineiro.

“Com certeza (são jogadores que me inspiram). O mais recente é o Arana e a lembrança é maior. Mas, claro que busco me espelhar nesses caras que conseguiram a idolatria da Fiel”, diz ele, que segue treinando em casa para não perder tanto o ritmo, mas, também aproveita a quarentena para curtir as pessoas próximas.

“Tenho aproveitado esse tempo para estar com minha família, em Jundiaí. Treino sozinho, busco seguir as atividades passadas pela comissão técnica do Corinthians . É um período difícil, que sentimos falta da rotina de treinos e jogos, mas que podemos aproveitar para fazer coisas que não conseguimos quando estamos na temporada”, conclui.

Por Redação Esporte Jundiaí /// Foto: Divulgação
Lucas Piton deixa futuro em aberto e quer fazer história no Corinthians Lucas Piton deixa futuro em aberto e quer fazer história no Corinthians Reviewed by Thiago Batista on 10:00 Rating: 5