22/05/2020

Nenê reclama de acordo não pago e processa o Vasco na Justiça



Rescisão acertada, mas não paga pelo Vasco. Pouco mais de dois anos depois de se transferir ao São Paulo, o meia-atacante jundiaiense Nenê, atualmente no Fluminense, decidiu processar judicialmente o clube de São Januário. Cobra uma dívida de R$ 2,8 milhões.

A ação foi distribuída para a 26ª Vara do Trabalho do Rio e apresentou uma relação tumultuada entre as partes. De acordo com o texto assinado pelas advogadas Joana Costa Prado de Oliveira e Marllus Lito Freire, a direção vascaína não assinou a rescisão contratual, perdeu a carteira de trabalho do então camisa 10 e "se mostrou recalcitrante no cumprimento de sua palavra" em duas tentativas de acordo - versão rebatida pelo clube.

O caso ainda não foi julgado pelo juiz Marcelo Segal. Após uma audiência sem conciliação, ocorrida antes das restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus, Nenê apresentou uma proposta para receber o que entende ter direito. O Vasco ainda não se manifestou.

O caso é mais um problema a ser administrado pelo Vasco em um momento de grave crise financeira. Por exemplo, alguns jogadores não receber nenhum salário em 2020. Os funcionários também sofrem com os atrasos.

Por Redação Esporte Jundiaí /// Foto: Divulgação
Nenê reclama de acordo não pago e processa o Vasco na Justiça Nenê reclama de acordo não pago e processa o Vasco na Justiça Reviewed by Thiago Batista on 21:43 Rating: 5