Em nota oficial publicada nesta segunda (11), o Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Saferj) posicionou-se em relação ao retorno do futebol. O documento é uma espécie de resposta ao documento lançado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, assinado por 12 clubes, menos Botafogo e Fluminense, na última sexta (8).


A nota emitida pela entidade presidida por Alfredo Sampaio diz entender as dificuldades enfrentadas no cenário econômico mundial pelos clubes, mas se coloca em favor da segurança e pela vida: “Avalia [o sindictato] como mais seguro a continuidade por, pelo menos mais dez dias, o período de isolamento social, sem treinos e sem jogos, levando-se em conta os números crescentes dos casos de covid-19 e os óbitos no estado do Rio, além das orientações de órgão de saúde municipal, estadual e federal”.


Por Agência Brasil /// Foto: Divulgação