PUBLICIDADE

15 anos da Copa do Brasil: Em casa, Paulista faz 3 a 1 no Cruzeiro

PUBLICIDADE

O Paulista mostrou dentro de campo a cada série da Copa do Brasil de 2005 que era um grande time. No dia, 25 de maio, jogando em casa, a equipe jundiaiense venceu o Cruzeiro por 3 a 1, pelo confronto de ida pelas semifinais da competição. Cristian abriu o placar para o time da casa ainda no primeiro tempo, mas os visitantes empataram logo em seguida com Fred. Na etapa final, Márcio Mossoró e Jefferson marcaram para os anfitriões.

Com o resultado, o Paulista pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta, em Belo Horizonte, que ocorreria uma semana depois, para garantir a inédita vaga na decisão contra Fluminense ou Ceará. Já o Cruzeiro, precisa de uma vitória por 2 a 0 ou por três gols de diferença para avançar.

A vitória do Paulista derrubou o favoritismo do Cruzeiro, que é um dos clubes de maior tradição na Copa do Brasil. Tanto que, até então, nunca tinha perdido um jogo de ida pelas semifinais da competição. Em 13 participações até então, a equipe mineira chegou em cinco semifinais antes e vencido todas as vezes o primeiro duelo e nunca sendo eliminado nesta fase. Só que o Galo estava com uma campanha eficiente derrubando adversários da Série A do Brasileirão.

O jogo
Atuando em casa, diante de quase 8 mil pessoas, o Paulista foi para cima do Cruzeiro e chegou com perigo logo aos 2minytos. Juliano chutou da entrada da área, a bola desviou na zaga adversária e ia encobrindo o goleiro Fábio, que precisou dar um passo para trás e se esticar todo para espalmar para escanteio.

O lance animou o Paulista, que abriu o placar três minutos mais tarde. Cristian dominou pela meia direita e chutou rasteiro, cruzado. A bola entrou no canto direito do goleiro Fábio.

Mas o Cruzeiro não se abateu e empatou o jogo aos 8 minutos. Numa cobrança de falta ensaiada pela esquerda, próxima ao bico da grande área, a bola foi rolada no meio para Fred, que chutou de primeira, de pé direito, rasteiro, colocando no canto esquerdo do goleiro Rafael.

O Cruzeiro deu um susto incrível no Paulista no fim do primeiro tempo em um lance inusitado. Weldon cruzou da linha de fundo, pela direita, a bola desviou num adversário e tocou na trave esquerda do goleiro Rafael antes de ir para fora.

O Paulista voltou com tudo para o segundo tempo e chegou com perigo aos 9 minutos. Julinho chutou de muito longe e a bola quicou na frente do goleiro Fábio, que espalmou para fora no susto. Um minuto depois, o Galo marcou o segundo gol, numa bela jogada individual de Márcio Mossoró. Ele conduziu pelo meio entre dois adversários e chutou de dentro da meia lua, colocando a bola no ângulo esquerdo do goleiro Fábio.

O Paulista continuou atacando o Cruzeiro e assustou duas vezes o adversário com chutes de longa distância de Jefferson, que entrou no segundo tempo. O time mineiro, por sua vez, tentava chegar ao gol de empate, mas pouco ameaçava.


Até que aos 40 minutos, Jefferson pegou o rebote do goleiro após chute de Márcio Mossoró e sacramentou a vitória do Galo para alegria de todos presentes no Jayme Cintra.



PAULISTA
3

CRUZEIRO
1
Rafael Bracalli
Lucas
Réver
Dema
Julinho
Cristian
Fábio Gomes
Márcio Mossoró
Juliano (Élvis)
Léo (Abraão)
Finazzi (Jefferson )
Técnico: Vagner Mancini

Fábio
Maurinho
Argel
Marcelo Batatais
Athirson
Maldonado
Marabá
Adriano
Vagner (Fábio Santos)
Weldon (Diego)
Fred
Técnico: Levir Culpi
Estádio Jayme Cintra – 25/05/2005
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ) e Aristeu Leonardo Tavares (RJ)
Público: 7.950 pagantes
Renda: R$ 65.995,00
Cristian, 5min do 1º tempo (1-0)
Fred, 8min do 1º tempo (1-1)
Márcio Mossoró, 10min do 2º tempo (2-1)
Jefferson, 41min do 2º tempo (3-1)


Por Thiago Batista
15 anos da Copa do Brasil: Em casa, Paulista faz 3 a 1 no Cruzeiro 15 anos da Copa do Brasil: Em casa, Paulista faz 3 a 1 no Cruzeiro Reviewed by Thiago Batista on 11:00 Rating: 5

Últimas - Confira!!!

PUBLICIDADE