PUBLICIDADE

15 anos da Copa do Brasil: Nos pênaltis, Paulista vai a semifinal

PUBLICIDADE


Uma classificação que valeu com presente atrasado de aniversário. O Galo comemorou aniversário no dia 17 de maio. No dia seguinte, fez até então a sua partida mais importante da história. E o presente veio com uma dupla vitória sofrida do Tricolor.

O Paulista venceu o Figueirense por 1 a 0 no tempo normal e 3 a 1 nos pênaltis, no dia 18 de maio de 2005, um estádio Jayme Cintra, lotado e garantiu a classificação para as semifinais da Copa do Brasil.

No tempo normal, Lucas marcou o tento da vitória da equipe de Jundiaí, aos 9 minutos, em um chute da entrada da área. Foi quase um sem pulo.

Os 90 minutos foram tentos. Foram dez cartões amarelos – cinco para cada lado e três cartões vermelhos – um para o Galo (Amaral) e dois para o time de Santa Catarina (Flávio e Bilu).

A vaga foi decidida nos pênaltis, quando o Tricolor converteu três das suas quatro cobranças. Rafael Bracalli foi importante para o Figueirense errar três das suas quatro tentativas.

O Paulista na semifinal encarou o Cruzeiro, que era o maior campeão da competição ao lado do Grêmio, com quatro conquistadas cada.



PAULISTA
1

FIGUEIRENSE
0
Rafael Bracalli
Lucas
Anderson
Dema
Fábio Vidal (Julinho)
Amaral
Fábio Gomes
Juliano
Márcio Mossoró
Léo (Abraão)
Finazzi   (Jefferson)
Técnico: Vagner Mancini

Edson Bastos
Paulo Sérgio
Bebeto
Cléber
Marquinhos Paraná
Axel
Flávio
Rudinei (Carlos Alberto)
Bilu
Cláudio (Sérgio Manoel)
Rodrigo (Alexandre)
Técnico: Marco Aurélio
Estádio Jayme Cintra – 16/02/2005
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Público: 13.508 pagantes
Renda: R$ 124.515,00
Lucas, aos 9min do 2º tempo

PÊNALTIS
PAULISTA
3

FIGUEIRENSE
1
Anderson
Márcio Mossoró
Julinho
Jefferson

Sérgio Manoel
Axel
Paulo Sérgio
Marquinhos Paraná

Por Thiago Batista /// Foto: Divulgação
15 anos da Copa do Brasil: Nos pênaltis, Paulista vai a semifinal 15 anos da Copa do Brasil: Nos pênaltis, Paulista vai a semifinal Reviewed by Thiago Batista on 11:00 Rating: 5
PUBLICIDADE