Na manhã do último sábado (13), dirigentes da LPF (Liga Paulista de Futsal), se reuniram por meio de vídeo conferência para tratarem de assuntos relevantes para a sequência da temporada.

Após as devidas apresentações, Edison Medeiros, diretor de arbitragem da LP, falou sobre a implantação das novas regras, as quais após amplo entendimento deverão já ser utilizadas nas já nas próximas competições promovidas pela LPF, no entanto, com algumas adaptações que entendeu-se fazer necessário a título experimental, são elas :

- Arremesso de Meta: O lançamento efetuado com as mãos pelo goleiro até a “categoria sub-15”, não será permitido ultrapassar a linha central da quadra, sem que a mesma tenha tocado em sua meia quadra, caso isso ocorra, será aplicado um tiro livre indireto a favor da equipe adversária.

Goleiro-linha: Visando o desenvolvimento técnico dos atletas das categorias de base, não será permitida a utilização de goleiro linha até a categoria sub-13

Intercomunicadores (comissão técnica): A LPF permitirá que o auxiliar técnico, atendente, preparador físico ou fisioterapeuta, apenas um deles, utilize aparelho intercomunicador. No caso de expulsão do treinador ou se o mesmo estiver cumprindo suspensão, em hipótese alguma poderá usufruir do recurso para comunicação.

Uniforme dos goleiros: A LPF não obrigará, porém recomenda, que os uniformes dos goleiros, incluindo-se goleiros linha, serem da mesma cor até a categoria sub-17, bastando ser de cor diferente e com a mesma numeração (goleiro linha). Nas categorias sub-20 e principal (masculino e feminino) permanecerá a obrigatória.

Por Thiago Batista