PUBLICIDADE

Ginastas de Itupeva realizam treinamentos em suas casas

PUBLICIDADE

A pandemia do covid-19 levou à suspensão das atividades esportivas e, com isso, professores e atletas tiveram de encontrar uma maneira para continuar trabalhando e se exercitando.

As alunas do grupo Kuana, de ginástica da Prefeitura, têm feito o possível para não perder o ritmo. Em casa, elas realizam exercícios enviados pelo professor Anderson Redressi, gravados com auxílio da estagiária Marina Barbi. “Ela está fazendo a gravação dos exercícios para passarmos para os alunos do Projeto e está me ajudando muito neste momento”, elogia Anderson.

Uma das alunas é Beatriz Coquieri, que diz estar tentando treinar com mais frequência para não só se manter em forma, mas também continuar evoluindo. “Acho que é bem fácil desanimar treinando em casa, é necessária muita disciplina para vencer a preguiça, já que estamos em casa, mas nosso professor está passando muitas dicas e sequências de movimentos para treinarmos e alguns desafios que ajudam na motivação. Estou muito ansiosa para voltar com a rotina e voltar a treinar!”, conta.

Já Gabriella Ranéa, também ansiosa, confessa que chegou a desanimar. “Estou conseguindo me exercitar, me alongando, treinando minha força e flexibilidade, porém não igual nas aulas presenciais; treinar sozinha é difícil para mim”.

A ansiedade para o retorno também acompanha Victoria Vecchini. “Estou conseguindo me exercitar, não da mesma forma, mas me adaptando. Mas tá sendo difícil manter a força de vontade para treinar, estou trabalhando nisso. Estou muito ansiosa para voltar, não só pela saudade, mas para trabalhar o que antes conseguia fazer”.

A luta contra o desânimo também fazem parte da rotina de Gabriella Correia que, ansiosa para voltar às aulas presenciais, segue treinando todos os dias.

Quem também admite que desanimou algumas vezes, mas continua praticando, é Maria Eduarda Godoy. “Estou ansiosa para voltar às aulas e rever colegas e professor”.

Sophia Araújo conta que se organizou para treinar, mas isso não impediu que o desânimo surgisse em alguns momentos. “Eu fiz um horário fixo pra treinar todos os dias e, tirando algumas vezes que eu me machuco, consigo me exercitar normalmente, mas estou bem ansiosa para poder voltar à minha rotina de treino”.

Apesar de treinar sozinha em casa, Ana Clara de Carvalho reconhece que acha chato fazer exercícios sozinha, e une o treinamento à alimentação saudável para manter a forma. “Não vejo a hora de voltar a treinar e tudo voltar ao normal”.

Karen Daniela Castañeda diz aproveitar o tempo para exercitar o corpo antes mesmo da preguiça aumentar e encontrou uma forma criativa para não desanimar. “Arrastei meus pais para treinarem junto comigo e assim nos apoiamos. Não vejo a hora de voltar a treinar presencialmente, juntamente com meus amigos e o professor Anderson, que é um excelente profissional”, elogia.

Quem também segue ansiosa para voltar a treinar em equipe e com os professores é Yasmin Agatha. “Eu sigo os treinos que os professores Anderson e Marina mandam, cheguei a desanimar, mas voltei a treinar novamente”.

Sophia Cancela revela que sentiu dificuldades no início, por não conseguir se organizar, e que chegou a desanimar, mas logo se acertou. “Estou treinando todo dia possível e tentando não parar. Sinto muita saudade das aulas presenciais e dos meus amigos”.

Mellina Cancela, apesar da saudade e de querer muito voltar às aulas por considerar ser melhor para a aprendizagem e pela falta que sente de todos, diz que já superou o desânimo. “Estou fazendo além da ginástica outras atividades físicas. No começo deu uma desanimada, mas agora já acostumei”.

Enfrentando o desânimo e a saudade, Maria Fernada Tobias conta que sempre faz ginástica e treina todos os dias. “Danço as coreografias que o professor monta em apresentações, então estou sempre tentando me exercitar, por mais que não seja a mesma coisa do que estar com eles sempre me ajudando ou até mesmo me deixando com segurança. Estou muito ansiosa para voltar, para ver meu professor e meus amigos e principalmente para dançar e treinar”.

Por A Voz do Esporte de Itupeva /// Foto: A Voz do Esporte de Itupeva
Ginastas de Itupeva realizam treinamentos em suas casas Ginastas de Itupeva realizam treinamentos em suas casas Reviewed by Thiago Batista on 19:30 Rating: 5
PUBLICIDADE