O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concluiu hoje o julgamento do processo envolvendo Palmeiras e Flamengo, pelos incidentes na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019, no Allianz Parque.

Pela decisão, o clube paulista foi multado de forma simbólica em R$ 1 e terá que doar R$ 12 mil para instituições que trabalhem no combate ao novo coronavírus. Já os cariocas foram absolvidos por unanimidade de votos.

A denúncia foi baseada no relato da súmula da partida em que o árbitro Ricardo Marques registrou que ocorreram o arremesso no campo de dois assentos e um chinelo na direção dos atletas do Flamengo.

A Procuradoria também havia denunciado o Flamengo pela suposta presença de torcedores infiltrados. No entanto, o Tribunal concluiu que não foi apresentada provas de presença de rubro-negros no local. É importante ressaltar que não houve vende de ingressos para visitantes na partida em questão. Isso seguiu uma determinação do Ministério Público de São Paulo.

A partida terminou com o placar de 3 a 1 para o Flamengo, com gols de Arrascaeta e Gabigol, duas vezes, enquanto Matheus Fernandes marcou para o Palmeiras

Por Redação Esporte Jundiaí