O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, sancionou nesta segunda-feira (6) a lei que proíbe a soltura de fogos de artifícios com barulhos no município. Quem infringi a lei terá que pagar multa de mais de R$ 1.719,90 (dez unidades fiscais do município, a UFMs).

Com a sanção e sua publicação no diário oficial, a lei já está oficialmente valendo. A medida interfere no modo que alguns torcedores gostam de comemorar vitórias dos seus times e também a entrada dos seus times.

A lei agora impede a soltura de fogos de artificio que promovam barulho em partidas do Paulista e de qualquer time amador ou profissional no Jayme Cintra, jogos do futebol amador, e em qualquer competição esportivas que ocorra na cidade.

Em 16 de junho, a Câmara Municipal de Jundiaí aprovou por unanimidade a lei. O projeto veta manuseio, utilização e soltura de fogos de artificio de estampido (com barulho).

Agora a lei apenas permite a soltura dos seguintes tipos de fogos de artificio na cidade:
- fogos de vista, sem estampido (o famoso barulho)
- fogos de estampido que contenham até 25 centigramas de pólvora por peça (conhecido como classe B)
- foguetes com ou sem flecha de apito ou de lágrimas, sem bomba
- “post-à-feu”, “morteirinhos de jardim”, “serpentes voadoras” e outros equiparáveis

Por Thiago Batista
Foto: Divulgação