Martin Kavdanski , zagueiro do Tsarko Selo , atuou no Campeonato Búlgaro no dia 2 de julho contaminado pela covid-19 devido a um erro no laboratório responsável pela testagem dos jogadores. Além de Martin, 16 adversários e três companheiros de equipe foram diagnosticados com a doença.

“Depois que soubemos pela mídia que o jogador de futebol Kavdanski jogou contra nós como positivo para covid-19 , fizemos dois testes de PCR em cada um de nossos jogadores e membros do governo. Infelizmente, 16 testes foram positivos. Todos os jogadores com resultados positivos já estão em quarentena e tomamos todas as medidas de precaução”, disse um comunicado do Cherlo More, time que jogou conta o Tsarko Selo.

Apesar do surto que envolve 20 pessoas, a federação não adiou os próximos jogos do torneio, inclusive do Tsarko Selo, que entra em campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Botev. Além disso, os estádios seguem abertos e podem receber 30% da lotação do estádio nas arquibancadas.

Durante três semanas, a Bulgária registrou aumento no número de novas infecções, com entre 100 e 180 casos por dia, segundo dados publicados pelo Ministério da Saúde. No total, o país europeu já contabilizou 5.740 infectados, incluindo 246 mortos.

Por Redação Esporte Jundiaí
Foto: Divulgação