A Diretoria de Registro, Transferência e Licenciamento da CBF definiu, nesta segunda-feira (13), as novas datas das janelas de negociações do futebol brasileiro em 2020, as transferências internacionais (seja do Brasil para o exterior, como atleta do exterior para atuar no futebol brasileiro). A decisão foi tomada em conjunto com os clubes do Brasileirão – Série A, representados por seus respectivos executivos de futebol. Os períodos escolhidos são 20 de julho a 9 de agosto e 9 de outubro a 9 de novembro. Todos os clubes do país podem aproveitar essas janelas – inclusive os times da Série A3 do Paulistão, competição onde está o Paulista - como também para a Copa Paulista, caso o Galo venha disputar.

A janela de 20 de julho a 9 de agosto representa um complemento ao período que foi aberto no início do ano e acabou prejudicado pelos efeitos da pandemia do coronavírus. Já a segunda etapa, entre 9 de outubro a 9 de novembro, é uma remarcação daquela que estava, anteriormente, agendada para o meio do ano.

No mês passado, a FIFA havia autorizado a CBF a elaborar uma solução excepcional para as janelas de transferência. Com as datas projetadas em parceria com os clubes, o calendário segue, agora, para a chancela da entidade máxima do futebol mundial.

Por Redação Esporte Jundiaí