Maior prova do automobilismo brasileiro e sul-americano, a Corrida do Milhão de 2020 será também um evento de apoio no combate ao coronavírus. Em vez do tradicional prêmio de um milhão de reais ir para o vencedor da prova, a quantia será destinada a entidades assistenciais que lutam contra o avanço da pandemia, na forma de doações de produtos.

 

Com o nome de "Corrida do Milhão Solidário", prova será mostrada ao vivo pela TV Globo, a partir das 10h, diretamente do Circuito de Interlagos, no próximo domingo, 23 de agosto. O piloto jundiaiense Guilherme Salas estará representando Jundiaí e região, como competidor da equipe KTF.

 

A iniciativa nasceu com a meta de arrecadar o equivalente a R$ 1 milhão em itens como EPIs (equipamentos de proteção individual), medicamentos, produtos de higiene pessoal, cestas básicas e serviços, para serem distribuídos ao longo do segundo semestre em várias regiões do país. Mas, já no lançamento a meta foi atingida, através das doações de empresas que aderiram ao projeto: Eurofarma, Banco BV, Nutriex e Rennova.

 

Assim como na etapa que abriu a temporada, em Goiânia, a Corrida do Milhão Solidário seguirá os rígidos protocolos de segurança sanitária.

 

Por Thiago Batista