A façanha de conseguir marcar três gols na mesma partida não é algo comum de se assistir, e Nenê na partida de terça-feira conseguiu o feito no Maracanã.  Ele chegou ao seu sexto hat-trick na partida. Sim, seis vezes, pois muitas das contas apresentas, esqueceram que ele fez em um jogo três gols na mesma partida com a camisa do Galo.

 

O primeiro da carreira não foi em 2005 e sim cinco anos antes. Foi em 15 de outubro de 2000. Pela 2ª rodada do segundo turno da segunda fase do Módulo Branco da Copa João Havelange, o Paulista, na época chamado de Etti Jundiaí, enfrentou a Matonense e venceu por 7 a 0. Nenê que entrou durante a partida no lugar de Izaías, fez três gols: aos 7 e 20 do primeiro tempo e aos 47 minutos do segundo tempo. Neste jogo também marcaram Gilson Batata – e também foram três gols (aos 24, 38 e 41 minutos do segundo tempo) e o zagueiro Thiago Martinelli (ex-zagueiro de Vasco e São Caetano) logo com dois minutos de jogo. Estes dados foram retirados de fichas técnicas históricas fornecidas pelo historiador Ivan Gottardo.

 

Alavés, Paris Saint-Germain, Al-Gharafa, Vasco da Gama e agora Fluminense, totalizam todas as vezes em que o camisa 77 tricolor realizou esse feito.

 

Portando o segundo hat-trick da carreira foi no dia 18 de setembro de 2005, em uma partida válida pelo Campeonato Espanhol, Nenê atuava pelo Alavés e a vitima foi o Getafe.

 

Sete anos depois, no dia 13 de maio – vestindo a camisa do PSG – o atleta voltou a repetir o desempenho e dessa vez o adversário era o Rennes. Um ano depois, após sem transferido para o Al-Gharafa, no Qatar, o meia-atacante balançou as redes três vezes no mesmo jogo contra o Umm-Salal, no dia 23 de novembro.

 

Ao chegar no Vasco por um custo zero em 2015, Nenê se destacou no time carioca e na estreia no Brasileirão da Série B, o jogador marcou três gols na vitória por 4 a 0 diante do Sampaio Corrêa no dia 14 de maio de 2016. Além disso, deu a assistência para o gol de Riascos.

 

Seu último hat-trick foi na terça-feira na classificação do Fluminense sobre o Figueirense, na Copa do Brasil, no êxito por 3 a 0.

 

No Paulista, Nenê chegou ainda perto de um hat-trick outras quatro vezes, quando com a camisa do Galo marcou dois gols no mesmo jogo: por duas vezes na mesma Copa JH de 2000, na vitória em Jundiaí sobre o Madureira por 4 a 0, em 6 de setembro, e no êxito em casa sobre a Tuna Luso por 4 a 0, em 4 de novembro; na Série A-2 de 2001, na vitória por 3 a 1 sobre o São José, no Vale em 13 de maio; e no Rio-SP de 2002, na goleada sobre o América do Rio por 6 a 1, em 7 de abril.

 

Por Thiago Olim

Foto: Divulgação