Por Thiago Olim - Foto: Thiago Olim

 

Paulista e Desportivo Brasil somente se enfrentaram uma vez na história do futebol profissional. E 1.290 dias depois, as duas equipes voltam a se enfrentar em jogo importante na história do Tricolor. Ambos se encaram na sexta-feira (25), às 15h, no estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz.

 

A última vez que os dois times se enfrentaram foi em 15 de março de 2017, quando o Galo enfrentou o DB, em Porto Feliz, e perdeu por 2 a 1.

 

O Galo na época era comandado por Sérgio Caetano e como agora lutava para escapar do rebaixamento. E a derrota foi bastante doída, já que o Tricolor saiu na frente aos 10 minutos do segundo tempo, com gol de Willian Dias.

 

Só que o time de Porto Feliz virou literalmente nas últimas voltas do ponteiro do relógio. Júlio César que entrou na partida aos 27 minutos, empatou a partida aos 44. E no último lance da partida, aos 51 minutos, o mesmo Júlio César marcou o gol da vitória do DB.

 

Do time do Paulista que jogou aquela partida de 2017, nenhum atleta continua no Galo. Confira abaixo como estão os jogadores do Galo e o treinador Sérgio Caetano neste momento (setembro de 2020):

GOL Iago – Defende atualmente o Comercial

 

LTD  Euzébio – Não joga profissionalmente desde 2018

 

ZAG Fabão – Não joga profissionalmente desde 2019

 

ZAG Gut – Defende atualmente o Comercial

 

LTE  Douglas – Não joga profissionalmente desde o rebaixamento com o Galo em 2017

 

VOL  Dick – Não joga profissionalmente desde 2018

 

VOL  Brendon – Defende atualmente o Capivariano

 

MEI   Rafael Branco – Não joga profissionalmente desde 2018

 

MEI   Guilherme Pitty – Defendeu o Marcílio Dias neste ano no Campeonato Catarinense

 

ATA  Willian Dias – Defendeu o Varzim de Portugal na temporada 2019/20. Atualmente está sem clube

 

ATA  Ingro – Defende o Athletic Mineiro (assim mesmo é o nome)

 

VOL  Rodolfo – Não joga profissionalmente desde o rebaixamento com o Galo em 2017

 

ATA  Radsley – Defende atualmente o Capivariano

 

ATA  Alexandre Vecchio – Não joga profissionalmente desde o rebaixamento com o Galo em 2017