Por Thiago Olim - Foto: Divulgação – Cesar Greco / Agência Palmeiras

 

Ainda invicto no Brasileirão, o Palmeiras chegou ao seu terceiro empate consecutivo ao ficar no 1 a 1 com o desfalcado e quase sub-20 time do Flamengo na tarde deste domingo, em pleno Allianz Parque, pela 12ª rodada. O time de Vanderlei Luxemburgo abriu o placar com Patrick de Paula, em chute de fora da área, que acabou desviando; enquanto Pedro deixou tudo igual, em lance com falha gravíssima do zagueiro Felipe Melo, que apenas assistiu todo desenrolar do lance, deixando o atacante rubro-negro marcar.

 

Com o resultado, o Palmeiras fica com 19 pontos, contra 24 do líder Atlético Mineiro. O Flamengo, por outro lado, tem 18, também brigando pelas primeiras colocações.

 

Confusão jurídica

A partida começou com atraso de 20 minutos. Após indefinição, o confronto só foi confirmado depois que o TST (Tribunal Superior do Trabalho) aceitou um pedido da CBF e reverteu decisões do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) que haviam decretado o adiamento do jogo.

 

O jogo

Palmeiras e Flamengo fizeram um primeiro tempo equilibrado, muito pegado e de poucas oportunidades de gol. Luiz Adriano fez o pivô e deu para Gabriel Verón. O atacante recebeu dentro da área, mas chutou mal, pela linha de fundo. A resposta veio em tentativa de Pedro. Weverton jogou para escanteio.

 

O time rubro-negro ainda teve uma segunda chance. Dentro da área, Arrascaeta chutou, mas Weverton segurou mais uma. O Palmeiras chegou no minuto final, com Zé Rafael. De longa distância, ele viu Hugo se esticar todo para salvar o Flamengo.

 

No segundo tempo, o Palmeiras começou melhor e abriu o placar aos nove minutos. Patrick de Paula arriscou de fora da área e contou com um desvio em um atleta rubro-negro para superar o goleiro Hugo Souza, que fez boa parte.

 

Mas a resposta foi imediata, no minuto seguinte. Arrascaeta, melhor em campo, fez boa jogada pela direita e cruzou. Felipe Melo falhou, ao deixar a bola passar, e não marcar corretamente o seu adversário e Pedro só empurrou.

 

O jogo continuou aberto. Aos 13 minutos, Viña cruzou na cabeça de Luiz Adriano, que exigiu um milagre do goleiro Hugo. O Flamengo também não desistiu. Em linda tabela, Arrascaeta recebeu de Lincoln e jogou rente à trave de Weverton.

 

O ímpeto caiu nos minutos finais. O Palmeiras tentou se atirar ao ataque, mas encontrou muita dificuldade em passar pela marcação do Flamengo, que acabou segurando o empate.

 

Na próxima rodada do Brasileirão, o Palmeiras enfrenta o Ceará no sábado, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). No domingo, às 16h, o Flamengo recebe o Athletico Paranaense no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).