Por Thiago Olim - Foto: Divulgação


O jundiaiense Lucas Veríssimo foi nome importante no jogo do Santos que empatou por 2 a 2 com o Vasco, nesta quarta-feira (2), na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Brasileirão. Ele marcou o primeiro gol do Peixe no jogo.

 

O defensor de 25 anos, que somente nasceu em Jundiaí, pois jamais jogou no Paulista, marcou o seu segundo gol na temporada, em 15 jogos. O outro gol dele foi antes da pandemia, quando marcou contra o Delfin, também em Santos (vitória por 1 a 0).

 

Veríssimo atuou os 90 minutos e na partida teve ótimos números defensivos. Foram dois cortes, um chute travado, uma interceptação e três desarmes. Ele ganhou ainda os quatro duelos que ele disputou no chão, como também dois dos três duelos aéreos que enfrentou. O jundiaiense cometeu uma falta dentro do jogo.

 

O gol de Veríssimo foi o primeiro da partida, aos 21 minutos, em assistência de Soteldo. O Vasco empatou pela primeira vez ainda na etapa inicial, aos 41 minutos, com Felipe Bastos. No segundo tempo, Marinho, em bela cobrança de falta marcou o segundo do Peixe, aos 14. Só que Cano, em cobrança de penalidade, empatou aos 28 minutos.

 

Na classificação o Santos está em 11º com 8 pontos, enquanto o Vasco em 3º com 11 pontos. Os dois times voltam ao campo no sábado (5). O Peixe encara o Ceará, fora de casa, às 21h, enquanto o Vasco terá o Athletico Paranaense, em casa, às 19h.

 

Empate  em São Paulo

Palmeiras e Internacional empataram com gols, em jogo sem emoção, alegria e graça no campo palmeirense até os acréscimos do segundo tempo. Primeiro saiu o gol de pênalti de Thiago Galhardo, aos 47 minutos. Na sequência, aos 49, Luiz Adriano, empatou a partida para o alviverde.

 

Com o resultado, o Colorado se mantém na liderança com 16 pontos, enquanto o alviverde está em 7º com 10 pontos. Os dois times jogam no domingo (6): o Palmeiras encara o Bragantino, fora de casa, às 11h; enquanto o Inter encara o Bahia, em casa, às 16h.