PUBLICIDADE

Neymar protesta contra ato racista que sofre no jogo, mas termina expulso por “pedala Robinho’

PUBLICIDADE



Por Thiago Olim - Foto: Divulgação - Ligue One

 

Durante o jogo deste domingo entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha, válido pelo Campeonato Francês, o atacante Neymar foi o centro das atenções. Infelizmente não dentro de campo, mas sim por supostos atos racistas de um atleta do time adversário. No fim, Neymar não terminou o jogo, já que foi expulso no fim da partida por der dado no seu rival uma espécie de tapinha na cabeça, conhecido no Brasil de “pedala Robinho”. Esse é o primeiro jogo de Neymar pelo PSG nesta temporada.

 

Aos 37 minutos do primeiro tempo, Neymar reclamou de ofensas racistas, que teriam sido proferidas pelo zagueiro espanhol Álvaro González. O brasileiro foi até o quarto árbitro da partida e disse "racismo, no!", como captado pelos microfones. Não fica claro nas imagens se ele foi o alvo das ofensas. O defensor do Olympique sugeriu a utilização do árbitro de vídeo (VAR) para apuração da confusão.

 

Nos acréscimos, o VAR chamou o árbitro para analisar o tapa dado por Neymar, e após a checagem a arbitragem expulsou o brasileiro, que aplaudiu de forma irônica a arbitragem. Mais quatro atletas – dois de cada lado foram expulsos.

Neymar protesta contra ato racista que sofre no jogo, mas termina expulso por “pedala Robinho’ Neymar protesta contra ato racista que sofre no jogo, mas termina expulso por “pedala Robinho’ Reviewed by Thiago Batista de Olim on 18:15 Rating: 5

Últimas - Confira!!!

PUBLICIDADE