Por Thiago Olim - Foto: Divulgação - Transmissão do US Open

 

Novak Djokovic acabou desclassificado do US Open de maneira precoce e inesperada, mas com as regras do tênis sendo cumpridas integralmente seja para o número um do mundo ou para o 888.888º do ranking. Ele acabou acertando de forma acidental com a bola o rosto de uma juíza de linha, que acabou se machucando e sofrendo uma queda para o chão. Por conta da sua atitude intempestiva, Djokovic foi desclassificado, conforme a regra.

 

O sérvio havia acabado de ter seu serviço quebrado na partida contra o espanhol Pablo Carreño Busta e, com raiva, mandou a bola com força na direção do fundo de quadra. A bolinha acertou o rosto da juíza de linha, que foi ao chão imediatamente. A oficial foi atendida e saiu de quadra andando. Em seguida, a árbitra de cadeira descreveu a cena ao supervisor do torneio, que decidiu pela desclassificação imediata do número 1 do mundo.

 

O espanhol, que liderava por 6/5 no primeiro set e sacaria para fechar a parcial, avançou às quartas de final. Com a desclassificação, Carreño Busta está qualificado para a fase que reúne os oito melhores tenistas do Grand Slam americano.

 

Foi a primeira de Djokovic na temporada. Uma derrota onde ele perdeu para ele mesmo, por não saber controlar as suas emoções.