Por Thiago Olim

 

O Paulista entra em campo nesta sexta-feira (25), às 15h, no estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz, onde literalmente vai jogar as suas últimas fichas nesta Série A3 do Paulistão. A partida contra o Desportivo Brasil é a “2ª final de Copa do Mundo” do Tricolor, onde está proibido tropeçar se quiser ainda sonhar em permanecer na Série A3 do Paulistão. Empate ou derrota do Tricolor o time está condenado praticamente a cair para Série B1 do Estadual, a ‘Bezinha’ – podendo ser de maneira oficial até no começo da noite.

 

Com apenas sete pontos ganhos, o Paulista é o time que tem o pior ataque (8 gols marcados) e a pior defesa da competição (22 gols sofridos). Nos últimos cinco jogos, o Tricolor somente ganhou 3 pontos. Situação não muito diferente do Desportivo. O DB até tem o quinto melhor ataque (16) só que é a quinta pior defesa da ‘Terceirona’ (16). E nas últimos cinco partidas a equipe de Porto Feliz somente acumulou 4 pontos de 15 possíveis.

 

Paulista pode ser rebaixado na rodada

O Paulista se não vencer o Desportivo Brasil pode sofrer o rebaixamento no meio ou no fim desta rodada. Para ser rebaixado ainda nesta sexta-feira, o Tricolor tem que perder o seu jogo e o Grêmio Osasco ganhar do Velo Clube, em Rio Claro, em jogo que começa às 17h. Ainda assim o Tricolor pode ser rebaixado no fim de semana, se não vencer o DB, e quatro destes times abrirem sete ou mais pontos em relação ao Galo: Grêmio Osasco, Barretos, Nacional, Marília e Rio Preto.

 

Mudanças

O treinador Oliveira promoverá mudanças na equipe do Paulista. Só que não revelou qual time deve colocar em campo. Na quarta-feira (23), ele treinou o time no 3-5-2, com a entrada de Nicolas no setor defensivo no lugar do meia Leandro Lima. Outra mudança foi a troca na lateral-direita, com a estreia de Diego Macedo, no lugar de Danilo Mohamed.

 

Na quinta-feira (24), promoveu mudanças em quase o time todo em relação ao que começando pelo gol e terminando no meio-campo. Apenas na dupla de ataque, Oliveira não fez mudanças: Jean Richard e Magno El Lobo. As novidades foram Wandrew.

 

 

Desportivo Brasil

No Desportivo Brasil, o treinador Elio Sizenando não deve mudar a escalação, já que o seu meio-campo não perdeu nenhum jogador por fim de contrato, devido a parada de seis meses que ocorreu no campo.

 

Os volantes Wellington e Natan Indio devem ir para o 12º jogo no time, com o meia Caio Cesar atuando pela 13ª vez. Bruno Luka, que ajuda na armação, deve atuar pela 8ª vez na competição.