Por Thiago Olim - Foto: Divulgação - Imagem da transmissão do SporTV

 

Em jogo que precisou de dois dias para começar e ser concluído, o São Bernardo venceu o São Bento por 2 a 0, pela segunda rodada das semifinais da Série A2 do Paulistão, mas quem comemorou foi o Bentão de Sorocaba, que mesmo com o revés, venceu a série por 3 a 2, se classificando a final da competição e conquistando o acesso a Série A1, a elite do Campeonato Estadual.

 

A partida no estádio 1º de Maio, em São Bernardo teve 74 minutos disputados na terça-feira, onde foi estabelecido o placar de 1 a 0, gol de Marlyson, aos 36 minutos do primeiro tempo.


Só que por conta da neblina que encobriu o estádio, o duelo foi paralisado aos 29 minutos do segundo tempo da terça-feira.

 

A partida recomeçou nesta quarta-feira, às 15 horas, sem neblina, com um sol muito forte, e com as escalações que estavam no momento da parada, e com apenas 16 minutos por jogar.

 

O treinador Marcelo Veiga apostou em abafa do seu time, que precisava marcar dois gols para que a equipe do ABC levasse a decisão da vaga na final e na Série A1 para disputa de pênaltis. E a tática deu certo: aos 39 minutos do segundo tempo (somando os dois dias), Allan Dias, de cabeça, anotou o segundo do time da casa.


Só que após o segundo gol sofrido no jogo os comandados pelo técnico Edson Vieira, do São Bento, se comportaram taticamente bem, com duas linhas de quatro atletas com forte marcação, para inviabilizar as bolas aéreas da equipe rival.

 

Tática deu certo, e a derrota mais gostosa e sofrida do São Bento na A2 foi concretizada: pois o revés por dois gols de diferença levou a equipe sorocabana de volta para Série A1 depois de uma temporada.