Por Thiago Olim - Fotos: Divulgação - TSE

 

Desde semana passada os candidatos a prefeito (e também a vice) de Jundiaí podem fazer a sua campanha para divulgar suas propostas para a cidade, caso sejam eleitos para o quadriênio 2021 – 2024. Nesta eleição, temos 13 candidatos que desejam estar a partir de 1º de janeiro do próximo ano como comandantes da cidade no Paço Municipal.

 

O Esporte Jundiaí entrou no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) onde estão os materiais com os planos de governo de todos os candidatos, onde o leitor pode conferir todas as propostas.

 

Dos 13 candidatos, 12 tem o material disponibilizado, enquanto que um candidato a reportagem precisou pesquisar no site oficial do candidato. Todos os candidatos citam algum proposta ao esporte em seus planos de governo.  

 

Alguns candidatos, como Marcus Dantas são mais diretos e colocam tópicos curtos sobre o que pretendem para o esporte. Outros como Cintia Vanessa e Pacheco apresentam propostas mais detalhadas com mais de 12 tópicos.  Pedro Bigardi e Edimarco Silva não esqueceram do Paulista Futebol Clube nos seus planos de governo disponíveis no site do TSE.

 

Buscando a reeleição, Luiz Fernando Machado deseja ampliar a oferta de eventos esportivos na cidade, o mesmo propõe Edney Duarte Junior. Alê Nicola deseja uma cidade vibrante no esporte. Rafael Purgato no seu plano deseja oferecer mais acessibilidade para pessoas com deficiência. Silas Feitosa deseja incluir atividades de esportes de luta nos centros esportivos.  Daniela da Camara busca a descentralização do esporte. Márcia Pará e Fábio Marcussi querem retornar eventos interescolares.

 

Confira abaixo as propostas para o esporte dos 13 candidatos a prefeito de Jundiaí.

 

As propostas dos candidatos estão sendo apresentados pela ordem numérica do número da chapa na urna

 

Alê Nicola (PDT) – Número: 12

Candidato a vice-prefeito na chapa: Vitor Machado

 

Não abre o documento que está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No site da campanha, sobre o esporte, o lema é “Jundiaí, Cidade Esportiva”. A proposta para o esporte se for eleito é “de uma cidade vibrante contempla um olhar especial a prática esportiva com envolvimento de todas as gerações”.

 

Daniela da Camara (PT) – Número: 13

Candidato a vice-prefeito na chapa: Arthur Augusto

 

No documento oficial protocolado no TSE, as propostas desta chapa são as seguintes:

- descentralizar a gestão da política de esporte e lazer para os bairros completos como meio de ampliar as atividades esportivas e a oferta de opções de lazer, com a participação da comunidade na construção de alternativas, revitalizando os espaços públicos através do Fundo Municipal de Esporte, e criar novos espaços e programadas ações para os finais de semana e feriados.

 

- disponibilizar à população profissionais que acompanhem atividades físicas ao ar livre, em convênios a serem estabelecidos com a Faculdade de Medicina e a Escola Superior de Educação Física de Jundiaí.

 

- adotar um amplo programa de parcerias com os clubes

privados para que os períodos e espaços ociosos possam ser ocupados, de forma a atender a função social da propriedade, principalmente pelos idosos. Os espaços dos clubes privados também poderão ser utilizados pelas escolas através de uma política de convênios da Prefeitura.

 

- implementar o projeto “Bairro que Educa”, mapeando nos territórios os espaços comunitários, de cultura, lazer e esporte existentes e requalificá-los para ampliação da jornada escola e atendimento permanente de crianças, jovens e adultos

 

- redefinir e requalificar os atuais centros esportivos como sistemas integrados de esporte, saúde, cultura e lazer dos bairros

 

Marcus Dantas (PSL) – Número: 17

Candidato a vice-prefeito na chapa: Sargento Osmar Chile

A proposta de esporte da chapa protocolada no material disponível no site do TSE tem quatro pontos principais que são os seguintes:

- períodos de lazer em todos os bairros do município, manhãs ou tardes de recreação em ruas de lazer

- Interdição de vias públicas para espaços de lazer aos finais de semana

- Aproveitamento de espaços municipais existentes dinamizando atividades artísticas, esportivas e culturais locais

- Promover iniciativas públicas e/ou privadas ligadas ao lazer, à cultura, às artes e ao esporte como forma de prevenção de doenças como depressão, entre outras

 

Pedro Bigardi (REDE) – Número: 18

Candidato a vice-prefeito na chapa: Marcelo Lo Monaco

A proposta da chapa no esporte, no material disponibilizado pelo site do TSE, somente tem dois pontos que são os seguintes:

- ampliação das atividades esportivas na cidade,

promovendo o bem estar da população

- apoio ao Paulista Futebol Clube

 

Pacheco (PODE) – Número: 19

Candidato a vice-prefeito na chapa: Caio Augusto

A chapa colocou como proposta no plano de governo disponível no site do TSE os seguintes pontos:

- incentivar a prática do esporte, para toda a população

 

- fornecer o acesso ao esporte através dos bairros, onde seria estabelecido uma pesquisa de campo em cada bairro, detectando necessidades. A chapa deseja que em cada bairro se ofereça atividades, para todos os públicos, criança, adolescentes, adultos, melhor idade e principalmente os portadores de necessidades especiais

 

- melhorar a qualidade de vida

 

- implantar projetos esportivos e culturais na cidade

 

- aumentar a prática de atividade física aos portadores de necessidades especiais

 

- estabelecer parceria entre casas de apoios como, clubes, igrejas e associações dos moradores, para a introdução do esporte

 

- incentivar e ampliar os projetos ativos em cada bairro

- estabelecer parceria com novos projetos como “Vem Jogar Mais Eu”

 

- revitalização de praças, quadras e campos de cada bairro, para academias ao ar livre, e espaços para a divulgação de cada modalidade no bairro

 

- projetos de finais de semana, com aulas abertas ao público

 

- realizar eventos, apresentações para cada modalidade

 

- capacitação de professores específicos

 

- reestruturação dos centros esportivos, com incentivo ao número de adeptos

 

- incentivar a atividade física e recreativa

 

- buscar recursos através da Lei do Incentivo ao Esporte (âmbitos federal e estadual), para que empresas do setor privado possam ajudar na estrutura de cada centro esportivo.

 

- aumentar o número de atividades para a melhor idade

 

- oferecer em todos centros esportivos atividades para os portadores de necessidades especiais

 

- aumento dos eventos esportivos, para todas as modalidades, campeonatos municipais e festivais

 

- aumento do número de eventos municipais e intermunicipais

 

- melhoraria das condições de infraestrutura para as equipes competitivas em todas as modalidades e categorias já existentes

 

- aumento das equipes de rendimento, para melhor desempenho em Jogos Regionais e Jogos Abertos

 

- incentivar, a implantação de novos projetos e ampliar os projetos ativos

 

- implantação de profissionais da área da saúde em cada centro esportivo

 

- parcerias com as faculdades: ESEF, FMJ, Uniancheita, Unip e Anhanguera

 

- assistir as crianças das escolas e suprir suas necessidades através do esporte

 

- implantar e ampliar projetos esportivos nas escolas, principalmente nas escolas de período integral

 

- estabelecer vínculo entre a Escola, família, criança e esporte

 

- estabelecer a importância da atividade física para o corpo e mente

 

- implantar projetos de fitnees, danças e lutas que possam ser praticadas ao ar livre

 

- realizar atividades físicas nos parques e praças de cada bairro, aos finais de semana.

 

Márcia Pará (DC) – Número: 27

Candidato a vice-prefeito na chapa: Alessandra Esquivel

São sete os pontos que a chapa colocou como propostas para o esporte no seu plano de governo disponível no site do TSE:

- gincanas esportiva interescolares

 

- recuperar os centros esportivos, parques e afins, para aumento dos frequentadores

 

- incentivo a atividade física, recreativa e cultural, com a ampliação das academias abertas

 

- aumento de eventos em parques, ruas e avenidas, em parcerias privadas, com participação de profissionais de educação física

 

- revitalização do programa de atividades físicas para terceira idade

 

- Capacitação dos professores especializados, ampliação e suporte ao projeto Peama (Programa

de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas).

 

- incentivo para equipes competitivas, em todas as modalidades já existentes, bem como aumento dos equipamentos de rendimento

 

- maior apoio às ligas municipais e criação de campeonatos e ampliação dos eventos esportivos municipais

 

Silas Feitosa (PRTB) – Número: 28

Candidato a vice-prefeito na chapa: Vitor Fontolan

São sete os pontos no esporte no plano de governo da chapa, que são os seguintes, segundo o material disponível no site do TSE:

- ampliar o acesso à infraestrutura de esporte e lazer do município, por meio de iniciação esportiva em diversas modalidades

 

- ampliar a promoção de eventos esportivos em todos os centros esportivos do município

 

- reformar e manter as praças e quadras esportivas nos bairros da cidade, estimulando e apoiando eventos esportivos nesses espaços

 

- incluir espaços poliesportivos nas áreas de lazer que serão construídas em bairros da cidade, como forma de promover a atividade esportiva

 

- fomentar a prática do futebol de campo através de escolinhas de futebol, bem como de outras modalidades esportivas, como basquete, vôlei, handebol e futebol de salão nos centros esportivos da cidade

 

- incluir artes marciais – como o jiu-jitsu, o judô e o boxe – como práticas esportivas para crianças, jovens e adultos na programação esportiva dos centros esportivos

 

Edney Duarte Júnior (NOVO) – Número: 30

Candidato a vice-prefeito na chapa: Rogério Souza

 

O plano de governo elaborado pela chapa contempla dez propostas para o esporte, segundo material enviado ao TSE. Os pontos são seguintes:

- ampliar ao máximo o ensino integral, com o desenvolvimento de atividades complementares como esportes

 

- utilização de áreas públicas não aproveitadas para criação de praças e espaços de lazer, de prática de esportes

 

- fortalecimento e incentivo ao esporte amador da cidade

 

- valorização do esporte como instrumento de valorização da vida saudável e da saúde, da integração social, do fortalecimento da educação e da ligação das crianças e jovens às escolas, e do combate ao uso de drogas lícitas e ilícitas.

 

- fortalecimento e desenvolvimento do esporte como atividade essencial nas escolas municipais, apresentando aos alunos diversas modalidades (natação, atletismo, ginástica olímpica, xadrez e outros) e incentivando a participação em competições locais, regionais, estaduais, etc., com a descoberta e desenvolvimento de talentos

 

- incentivo às competições, jogos e atividades culturais entre as escolas municipais

 

- incentivo à utilização dos espaços públicos com atividades esportivas, desenvolvendo e conservando os centros esportivos municipais.

 

- criar espaços públicos para práticas de esporte ao ar livre, em especial quadras, pistas de caminhada, ciclismo e academias ao ar livre.

 

- fomento às atividades esportivas e culturais patrocinadas pela iniciativa privada

 

- criar espaços públicos para práticas de esporte ao ar livre, em especial quadras, pistas de caminhada, ciclismo e academias ao ar livre

 

Fábio Marcussi (PSB) – Número: 40

Candidato a vice-prefeito na chapa: Fabiane Spiandorim

O plano de governo da chapa tem oito tópicos exclusivos ao esporte, que são os seguintes:

- utilizar da atividade esportiva como ferramenta de

controle à obesidade infantil e como combate às

drogas

 

- recuperar e modernizar os complexos educacionais,

culturais e esportivos, incluindo todos os ginásios

cobertos, com novas tecnologias, tais como: placares

eletrônicos, internet, sonorização, iluminação.

 

- Implementar o projeto "Os bairros participam da vida

esportiva da cidade”, incluindo as pessoas da terceira

idade com atividades exclusivas, em modalidades, tais

como, basquete, voleibol, handebol, futebol de salão,

atletismo, ginástica olímpica e outras modalidades

 

- reunir os representantes das modalidades esportivas

para o levantamento das demandas e para proposição

de ações

 

- apoiar o futebol amador, melhorando campos de futebol, sanitários e vestiários, iluminação, incentivando os jogos noturnos e remunerando a arbitragem com o suporte da Guarda Municipal durante as atividades.

 

- cadastrar biometricamente os frequentadores dos complexos esportivos, de modo a identifica-los, eletronicamente, nas portarias dos complexos, visando à segurança dos usuários.

 

- revitalizar e modernizar a área do esporte de competição da cidade, especialmente para a participação nos jogos regionais e abertos, implantando medicina esportiva, incluindo as Faculdades de Educação Física e Medicina.

 

- retomar a “Gincana Interescolar” com a participação das escolas municipais e estaduais.

 

Luiz Fernando Machado (PSDB) – Número: 45

Candidato a vice-prefeito na chapa: Gustavo Martinelli

O plano de governo enviado e que está disponível no site do TSE não tem um tópico exclusivo ao esporte. O esporte é citado algumas vezes com propostas que são as seguintes:

 

- melhoria contínua dos serviços de saúde, educação, cultura, segurança, esporte, lazer, entre outros, que contribuem para elevar a qualidade de vida

 

-- aumentar a preservação dos recursos naturais e os ativos ambientais da cidade, como a Serra do Japi, e buscar formas responsáveis de usufruir desses espaços, integrando-os às atividades esportivas e de lazer

 

- promover mais saúde na cidade ampliando ações intersetoriais de promoção à vida saudável, com o uso de espaços públicos, parques e complexos esportivos, contemplando todos os ciclos de vida

 

- integrar programas de atividades físicas, esportivas, culturais e de lazer, para promoção de estilo de vida ativo e saudável da criança ao idoso e da pessoa com deficiência no ambiente urbano e rural

 

- ampliar a oferta de eventos esportivos e de lazer em todas as regiões do município e para diferentes faixas etárias

 

- qualificar as instalações esportivas do município

 

Cíntia Vanessa (PSOL) – Número: 50

Candidato a vice-prefeito na chapa: Paulo Matsushita

 

No documento oficial protocolado no TSE, Vanessa cita que em Jundiaí, “a política esportiva sofre verdadeiro abandono, com ações esparsas e desconexas. O desrespeito aos centros esportivos é o maior exemplo”. Entre as suas propostas estão os seguintes pontos:

- desenvolvimento de campeonatos populares ou amadores em suas diversas modalidades na cidade

 

- divulgação das equipes esportivas da cidade perante o cenário competitivo nacional e internacional, portanto, entendemos necessário atuação direta por parte do poder público municipal

 

- articular o esporte com educação e retomar a construção dos centros esportivos

 

- descentralizar os aparelhos públicos, promover ações e projetos às comunidades dos bairros periféricos

 

- fomentar a prática esportiva nas escolas

 

- incentivos e valorização da prática de esportes olímpicos

 

- ampliar os horários de funcionamento de todos os equipamentos públicos de lazer e do esporte para atender o público durante maior variedade de horários, durante toda a semana

 

- criar fundo com a participação da iniciativa privada e buscar recursos através da Lei de Incentivo do Esporte para custear os projetos de formação e treinamento de atletas da cidade

 

- promover o esporte educacional e atividades de lazer nos centros esportivos, parques, quadras das escolas municipais, com planejamento e orientação de profissionais de educação física e estagiários

 

- fomentar parcerias com a ESEF (Escola Superior de Educação Física) para pesquisas e ações concretas que beneficiem e melhorem a qualidade de vida dos moradores de Jundiaí

 

- potencializar campeonatos amadores e populares que possibilitem a valorização do esporte como ferramenta de socialização, lazer, saúde e qualidade de vida

 

- projetos e ações de incentivo à prática de diferentes modalidades esportivas e não apenas aquelas tidas como tradicionais ou comerciais.

 

- valorizar o esporte adaptado, ampliando as atividades do Peama para outros espaços públicos, bem como aumentar as modalidades esportivas ofertadas.

 

- valorização das trabalhadoras e trabalhadores do esporte, através de ações concretas que beneficiem todas e todos com garantia de direitos e salário digno

 

das escolas municipais e estaduais.

 

Rafael Purgato (PC do B) – Número: 65

Candidato a vice-prefeito na chapa: Reinaldo Fernandes

 

No plano de governo desta chapa o esporte aparece em seis tópicos, que são os seguintes:

- implementação de espaços integrados de saúde e esportes

 

- ampliação do serviço das vans adaptadas para atender os usuários em suas necessidades como lazer e esporte

 

- garantir espaços, programas e projetos acessíveis de lazer, cultura e esportes para pessoas com deficiência

 

- implementação/ampliação gradual de escolas municipais de período integral, com

aulas complementares nas áreas de tecnologia e esportes priorizando as unidades escolares com maior demanda de alunos advindos de famílias em situação de vulnerabilidade social e inscritas no Cadastro Único Para Programas Sociais

 

- Reformulação e modernização da Fundação Casa de Cultura e Esportes

 

- implementar política de circulação como forma de ampliar a visibilidade, e dar reconhecimento a produção culturas das comunidades situadas em áreas periféricas, utilizando equipamentos existentes, tais como os centros esportivos

 

Edimarco Silva (PROS) – Número: 90

Candidato a vice-prefeito na chapa: Cristiane Pinheiro

 

Cinco é o número de tópicos que a chapa colocou no seu plano de governo quando aborda o esporte. São as seguintes:

 

- A chapa propõe para curto prazo incentivar a prática de esportes como fator de educação, cultura, saúde, lazer e cidadania, promover a prática esportiva de maneira massificada, ampliação da iniciação esportiva de alta performance, com vistas a participação em eventos nacionais e internacionais como Olimpíadas, Jogos Pan-americanos, e demais competições regionais, nacionais e internacionais. Tal incentivo deverá contemplar, atendimento especial às pessoas portadoras de deficiências, de modo a se garantir a ampla cidadania

 

- A chapa colocou como proposta de médio e longo prazo a convocação do empresariado local para apoiar o Paulista Futebol Clube, por meio de ações conjugadas visando incrementar nosso futebol profissional, como legítimo representante de nossa cidade, na área do esporte de competição

 

- Construir novos conjuntos esportivos e reformar também os existentes, ampliando a oferta da prática de esportes a toda a população

 

- Promover, em parceria com a iniciativa privada, programas de incentivo ao esporte, estimulando o exercício continuado de atividades físicas e o lazer, na perspectiva do desenvolvimento humano, da formação integral das pessoas e da melhoria da qualidade de vida do conjunto da sociedade.

 

- Aproveitar as condições naturais favoráveis para a prática esportiva no Município, com destaque para os esportes que possibilitem um melhor desenvolvimento formativo do praticante, não só no aspecto da saúde física mais também da saúde mental.