Por Thiago Olim - Foto: Divulgação

 

Acredite se quiser. Até parece notícia absurda de site de piada, mas não é. Ramon Menezes que levou o Vasco a liderança do Brasileirão nas primeiras cinco rodadas foi demitido do comando do clube nesta quinta-feira. O time está há seis jogos sem vencer entre campeonato nacional e Copa do Brasil e no dia anterior perdeu por 3 a 0 para o Bahia em Salvador (BA). Anteriormente, havia sofrido 4 a 1 do Atlético-MG em Belo Horizonte (MG).

 

Auxiliar-fixo ano passado, Ramon Menezes foi efetivado como treinador em março, após a saída de Abel Braga. Ele assumiu o cargo ainda durante a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavíus. Ramon sai do Vasco com 56,25% de aproveitamento. No ano o clube tem 48%. Antes dele, eram 40%.

 

Seu início foi empolgante ainda no Campeonato Carioca. O técnico venceu todas as partidas, mas não conseguiu classificar a equipe pois a situação na tabela já era complicada antes da paralisação.

 

No Campeonato Brasileiro, chegou a levar o Vasco à liderançao entanto, o mês de setembro foi catastrófico em termos de resultado, o time caiu para a 10ª colocação – que é a realidade do clube, que tem dívidas e problemas com fluxo de caixa nesta temporada; e também foi eliminado da Copa do Brasil para o Botafogo – apenas por 1 a 0 no agregado.