Por Redação Esporte Jundiaí

 

A Chapecoense volta a campo nesta terça-feira (27), às 19h, para enfrentar o CSA (AL), na Arena Condá, em Chapecó. Será o quinto jogo da equipe do Oeste catarinense em 13 dias.  Nos últimos quatro compromissos, disputados entre 14 e 23 deste mês, a Chape conquistou três vitórias e um empate e pulou para o topo da classificação. O técnico Umberto Louzer (ex-Paulista) exalta a superação dos jogadores.

 

“A Série B é um campeonato muito equilibrado, onde os adversários se estudam, e é desumano também. Nós fizemos quatro jogos em 10 dias, performar em alto nível é muito difícil. Temos que valorizar o que os atletas estão fazendo, a dedicação, a entrega, o engajamento. É jogo em cima de jogo, logística complicada”, disse.

 

“Sei que as outras equipes também têm esse desgaste, então, a performance diminui. Mais uma vez nos superamos. Não fizemos uma partida brilhante (na vitória por 1 a 0 sobre o Operário-PR, na última sexta-feira), mas o resultado veio. Em muitas vezes, nós vamos jogar bem e o resultado não vai vir. Não pensem que saímos satisfeitos com o desempenho, saímos satisfeitos com o resultado. É correção diária para performar e conseguir os resultados”, acrescentou o treinador.

 

O duelo desta terça é atrasado da segunda rodada. O confronto foi adiado devido aos casos de coronavírus na agremiação alagoana. A Chapecoense liderança a segunda divisão com 36 pontos em 17 jogos. Os principais concorrentes do Verdão têm uma partida a mais. Em segundo aparece o América-MG, com 35. O CSA está no meio da tabela, com 24 pontos.