Por Thiago Olim - Foto: Imagem extraída da transmissão do SporTV

 

Uma expulsão boba do zagueiro Lucas Verísismo, nascido em Jundiaí, tirou qualquer chance do Santos de vencer o Ceará pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo terminou 0 a 0, nesta tarde de quarta-feira, na Vila Belmiro.

 

Veríssimo foi expulso aos 44 minutos do primeiro tempo, após revisão do árbitro Wagner Nascimento, do Rio, no VAR, após as travas da sola da chuteira do defensor acertarem e provocarem ferimentos na cabeça de Rafael Sobis. Por sorte, nada de mais grave aconteceu com o ex-atacante do Internacional.



Foi a quinta expulsão do defensor nascido em Jundiaí, com a camisa do Peixe, sendo a primeira no ano de 2020. Ano passado, Veríssimo recebeu três expulsões – a outra ocorreu em 2018. Capitão do Peixe atualmente, o zagueiro jundiaiense disputou nesta quarta-feira a 176ª partida pelo Santos.

 

O jogo marcou a estreia do time do litoral paulista na competição. As duas equipes voltam a se enfrentar no jogo de volta, na próxima quarta-feira, às 19h, na Arena Castelão, em Fortaleza.