Fase final da Série A1 do Brasileirão feminino terá VAR a partir das semifinais - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Fase final da Série A1 do Brasileirão feminino terá VAR a partir das semifinais
PUBLICIDADE

22 de outubro de 2020 -

Por Thiago Batista de Olim

Fase final da Série A1 do Brasileirão feminino terá VAR a partir das semifinais

Compartilhe:


Por Thiago Olim

 

O Brasileirão Feminino A1 terá grandes novidades para o torcedor. A partir das semifinais, a presença do árbitro de vídeo (VAR). Com isso, o Brasileirão se torna a primeira competição nacional do futebol feminino a adotar o recurso no mundo, de acordo com a FIFA.

 

Apenas na Copa do Mundo do ano passado e nos jogos finais da Champions League Feminina o recurso foi utilizado – competição mundial e continental, respectivamente.

 

As mudanças foram apresentadas em reunião por videoconferência na semana passada que foi conduzida pelo Presidente da CBF, Rogério Caboclo, e contou com a presença dos presidentes dos clubes: Andrés Sanchez, do Corinthians; Carlos Salmazo, da Ferroviária; Francisco Batistotti, do Avaí; Maurício Galiotte, do Palmeiras; Orlando Rollo, do Santos; e Romildo Bolzan, do Grêmio, além de representantes do Internacional e do São Paulo, e das Federações Estaduais envolvidas na fase final do torneio.

 

"Queremos chamar a atenção do grande público, fazer um plano de comunicação para dar maior visibilidade. Faremos o envelopamento dos estádios e queremos ter a melhor estrutura possível a partir da fase de quartas de final da competição. Para isso, é muito importante que a gente conte com os melhores equipamentos que vocês tenham. Ou seja, os estádios principais de cada equipe. Isso é fundamental para chamar a atenção da mídia, do torcedor e de todos os envolvidos. Mostrar que o futebol feminino é pujante e merece toda nossa atenção", pontuou Caboclo.