Por Thiago Olim - Foto: Divulgação - NBA

 

O Los Angeles Lakers venceu fácil o Miami Heat para conquistar o título da temporada 2019/2020 da NBA, o 17º da sua história. Neste domingo, fez 106 a 93, no sexto jogo da decisão, fechando a série decisiva em 4 a 2, encerrando com uma supremacia indiscutível o campeonato concluído na “bolha” da liga no complexo da Disney na Flórida.

 

A conquista encerra um jejum de dez anos dos Lakers sem ser campeão da NBA. E ainda o faz igualar o Boston Celtics como o maior vencedor do campeonato.

 

E a taça veio após uma tragédia envolvendo um dos maiores ídolos da sua história. Afinal, em 26 de janeiro, um acidente aéreo matou Kobe Bryant e outras nove pessoas, incluindo uma das suas filhas, Gianna. E foi com ele em quadra que os Lakers haviam conquistado o seu último título, em 2010.

 

Para a vitória contou com um “triple-double” de LeBron, com 28 pontos, 14 rebotes e dez assistências. Já Davis, brilhante na defesa, somou 19 pontos e 15 rebotes. Bam Adebayo foi o destaque do Heat, com 25 pontos e dez rebotes. E Jimmy Butler, em noite irregular, somou 12 pontos, oito assistências e sete rebotes.