Por Thiago Olim - Foto: Divulgação - Gustavo Amorim

 

Na Série A3 do Paulistão aconteceu algo inusitado na tarde deste domingo no empate sem gols entre Capivariano e Velo Clube pela segunda rodada das quartas de final, que classificou o time de Rio Claro na semifinal. O locutor do estádio recebeu o cartão vermelho do árbitro. Isso mesmo.

 

No 0 a 0, em Santa Barbará D’ Oeste, o locutor da partida no estádio Antônio Guimarães, Ricardo Cesar Ferreira, recebeu o cartão vermelho do juiz Thiago Luis Scarascati. E o cartão de cor bem vermelha foi mostrado para todos verem (confira vídeo abaixo).


Segundo o árbitro descreveu na súmula, o locutor foi expulso por reclamações a ele. “Aos 72 minutos de jogo, exclui o Sr. Ricardo César Ferreira credenciado como motorista zona azul e responsável pelo equipamento de som que fica ao lado do banco de suplentes da equipe mandante, por aos gritos proferir as seguintes palavras a mim: ‘Olha a cera caralho, vai deixar até quando porra, você é fraco demais’”.

 

O jogo não teve cartões vermelhos exibidos no campo – foram três para atletas de cada um dos dois times, mais o treinador do Velo, Cleber Gaúcho.