Por Thiago Olim - Foto: Divulgação- FPF

 

Campeão em 2000 e 2017, o São Caetano chegou ao título da Série A2 do Paulistão pela terceira vez em sua história. Na tarde desta segunda-feira (12), o time do ABC recebeu o São Bento, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, podendo empatar, mas perdeu a finalíssima por 1 a 0 e se viu obrigado a decidir nos pênaltis. Sem se abalar pelo resultado dos 90 minutos, converteu todas as suas cobranças e contou com Luiz Daniel, que fez duas defesas e garantiu a vitória por 4 a 3.

 

Precisando reverter a vantagem mesmo atuando longe de casa, o São Bento partiu para o ataque desde os primeiros minutos. E, logo aos três, Ruan fez grande jogada pela direita e cruzou à meia altura. Bambam mostrou oportunismo e marcou. Foi o nono gol do centroavante, que fechou o torneio dividindo a artilharia com Léo Castro, que jogou pelo Juventus. E o placar de 1 a 0 foi até o fim e assim a definição do campeão foi para os pênaltis.

 

Nas cobranças Erick Luís, Sávio e Luís Henrique marcaram os três primeiros para os visitantes, enquanto Anderson Rosa, Everton Dias e Sandoval emparam a disputa. Na quarta cobrança, o goleiro Lucas Macanhan viu Luiz Daniel defender o seu chute e ainda foi vencido por Renan Dutra. Na cobrança final, Luiz Daniel brilhou mais uma vez e defendeu a cobrança de Thiago Primão, garantindo o título para o São Caetano.