Por Thiago Olim

 

O presidente do Olímpia, Marco Antônio Caliente, afirmou em entrevista a TV Tem (região de Rio Preto) que o clube já está acionando o seu departamento jurídico contra a suspensão administrativa imposta pela Federação Paulista de Futebol de não pode se inscrever nas futuras competições, em virtude das investigações sobre a suspeita de manipulação de resultados de jogos da Série A3 do Paulistão na 12ª rodada, entre eles o confronto Paulista 2 x 3 Olímpia.

 

“Estamos acionando o departamento jurídico pois o clube não deve nada e nenhuma participação a manipulação de resultado e o clube nunca terá. O Olímpia não aceita esse tipo de atitude e já estamos com os nossos advogados tomando as medidas cabíveis para o caso”, disse na entrevista o presidente.

 

Dois jogadores do Olímpia foram suspensos de forma imediata e não poderão jogar já nesta última rodada da Série A3, quando a equipe enfrenta o Desportivo Brasil, no sábado, fora de casa.

 

“Os atletas citados do Olímpia já foram previamente avisados e eles irão fazer a defesa deles pois o clube fará a sua defesa a relação da punição imposta pela Federação, pois não podemos ser punidos como clube por algo que não cometeu”, afirmou Caliente.

 

O presidente do clube disse que pretende ser transparente durante as investigações. “Abro meu sigilo telefônico e a minha conta bancária, que aliás nem é corrente e sim conta poupança de qualquer instituição, seja Federação, Polícia Federal ou a Justiça como da minha pessoa como de qualquer família. Pois somos pobres e honestos”, completou na entrevista a Tv Tem.