Por Redação Esporte Jundiaí, com Folhapress

 

O Palmeiras quebrou uma série de quatro derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro neste domingo (25), ao fazer 3 a 0 contra o Atlético-GO, em Goiânia, pela 18ª rodada. Ao mesmo tempo, dois dias depois de completar 80 anos, Pelé foi homenageado pelo atual camisa 11 do Santos, Marinho, que neste domingo usou o número 80 às costas contra o Fluminense. Segundo o atacante, a pedido do próprio Rei do Futebol. Apesar de todas as homenagens, a partida no Maracanã, válida pela 18ª rodada do Brasileiro, terminou boa mesmo para os donos da casa, que venceram por 3 a 1.

 

No jogo do alviverde, o atacante Luiz Adriano chegou ao sexto gol no torneio marcando duas vezes, ambas na segunda etapa e a primeira após o goleiro Jean sair jogando errado e entregar a bola ao atacante.

 

Quem abriu o placar foi o jovem Wesley, 21, cria das categorias de base palestrinas, ainda na primeira etapa. Gabriel Menino, 20, convocado novamente por Tite para a seleção brasileira, foi escalado como lateral direito neste domingo, em razão da lesão de Marcos Rocha.

 

A sequência de três derrotas no Nacional foi um dos motivos para a demissão do treinador Vanderlei Luxemburgo. Com o interino Andrey Lopes à beira do gramado, o Palmeiras foi vencido pelo Fortaleza. Chegou a golear o Tigre (ARG), por 5 a 0, mas pela Copa Libertadores.

 

O triunfo diante do Atlético-GO é o sexto da equipe alviverde no Brasileiro. Motivo de críticas da torcida, os empates seguem como maioria: sete.

 

Agora, o Palmeiras sobe para 25 pontos e encosta em Santos e São Paulo, que têm 27 e são, respectivamente, sexto e quinto colocados do torneio, os últimos dentro da zona de classificação para a Libertadores.

 

Na partida do Rio de Janeiro, ao marcar o gol de empate da equipe do litoral paulista no primeiro tempo, Marinho comemorou com uma série de socos no ar, gesto característico do tricampeão mundial. Além disso, todos os jogadores santistas carregaram o número 80 na parte da frente da camisa.

 

O zagueiro Luccas Claro foi quem abriu o placar no primeiro tempo. Outro defensor da equipe, Nino, fez o segundo, já na etapa final. Nos acréscimos, Marcos Paulo deu números finais ao jogo e colocou a equipe carioca na quarta posição do Nacional.

 

Soteldo chegou a balançar as redes para o time santista quando o placar estava 2 a 1, mas a jogada acabou anulada com ajuda do VAR.

 

Com o resultado, o Santos fica na sexta posição do campeonato, com 27 pontos. Os adversários mais próximos da equipe alvinegra na tabela têm menos jogos disputados no torneio até aqui. Enquanto os comandados de Cuca fizeram 18 partidas, o São Paulo, sexto, tem 15. O Palmeiras, sétimo, 17.