Por Thiago Olim - com informação de Adilson Freddo, da Rádio Difusora 810 AM

 

A Federação Paulista de Futebol aplicou sanção administrativa ao Paulista por conta do jogo da 12ª rodada que terminou 3 a 2 em favor do Olímpia contra o clube. A FPF comunicou a imposição de sanção administrativa com suspensão preventiva em face do clube, como também o clube fica previamente suspenso de se inscrever em novas competições organizadas/coordenadas pela Federação Paulista de Futebol, até julgamento final do caso pela Justiça Desportiva. 

 

O lateral-esquerdo Samuel Sampaio de Mendonça Vallad está suspenso por tempo indeterminado  em razão dos fatos ocorridos na partida.

 

“Do mesmo modo, por discorrer acerca de evento de manipulação de resultado de partida, em que o atleta em referência é identificado como “pessoa de interesse” em investigação iniciada, sua suspensão preventiva terá efeito imediato, por tempo indeterminado, podendo ser reconsiderada após julgamento final do caso pela Justiça Desportiva. O PAULISTA FUTEBOL CLUBE e o atleta, caso assim entendam, poderão apresentar recurso, endereçado à Comissão de Assuntos Jurídicos desta Federação, no prazo de 15 (quinze) dias corridos, contados do recebimento deste”, informa o final do documento.


O Paulista não está impedido de jogar no sábado, e com isso a partida contra o Velo Clube está mantida para Rio Claro, às 15h, pela última rodada da primeira fase da Série A3 do Campeonato Estadual.


O Esporte Jundiaí já entrou em contato com o departamento de comunicação da Federação Paulista se ocorreram outros tipos de sanções por causa de suspeitas de manipulação de resultados em jogos da A3. Assim que tiver a resposta, atualização será realizada.