Por Redação Esporte Jundiaí

 

O São Bento conquistou um resultado histórico nesta segunda-feira (26). Mesmo com apenas 12 jogadores como opção por conta de uma série de problemas, incluindo um surto de covid-19, os comandados do técnico Edson Vieira conseguiram segurar o empate sem gols com o Criciúma-SC, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela 12ª rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C.

 

Os donos da casa, inclusive, precisaram queimar a única alteração a que tinham direito. Aos 38 minutos da etapa final, o meia-atacante Coutinho teve que ser substituído e deu lugar ao goleiro Lucas Macanhan, que entrou como centroavante.

 

Com o resultado, os mandantes ficam na nona colocação do Grupo B, com nove pontos, o mesmo do lanterna Boa Esporte-MG. A diferença entre os integrantes da zona de rebaixamento está no saldo de gols: -5 contra -4. São José-RS, com 13, é o primeiro fora. Os visitantes, por outro lado, chegam aos 16 e fecham a faixa de classificação para a segunda fase. Brusque-SC, com 27, lidera e está virtualmente classificado.

 

As duas equipes voltam a campo na tarde do próximo domingo (1). Às 16h, o Criciúma-SC recebe o Tombense-MG, no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). Pouco depois, às 16h30, o São Bento visita o Ypiranga-RS, no Colosso da Lagos, em Erechim (RS).