Por Thiago Olim - Foto: Divulgação – Gustavo Amorim

 

O Paulista foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo e punido com multa. Não é sobre o caso de suspeita de manipulação, mas por infração ao artigo 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) na partida Paulista 1 x 1 Linense, no último dia 2 de outubro, no Jayme Cintra. O Tricolor foi apenado com multa de R$ 125.

 

O motivo da pena foi que o Paulista entrou um minuto atrasado ao gramado na volta do segundo tempo, segundo a súmula do árbitro Paulo Sérgio dos Santos, que apitou o jogo. Os times devem voltar ao gramado dois minutos antes do horário previsto para o reinício, segundo o parágrafo 2º do artigo 6º do regulamento geral das competições da Federação Paulista de Futebol para temporada 2020.

 

Art. 6, parágrafo 2º do regulamento geral das competições da FPF - A equipe que não se apresentar em campo até 10 (dez) minutos antes do horário marcado para o início da partida ou até 2 (dois) minutos antes do horário marcado para o reinício, ficará sujeita a multa administrativa, sem prejuízo de outras sanções aplicáveis pela JD.

O primeiro tempo terminou segundo a súmula às 15h49. Como são 15 minutos de intervalo, o jogo se reinicia às 16h04, e as equipes deveriam se reapresentar ao campo às 16h02. O Paulista, segundo o árbitro, se reapresentou às 16h03. Só que o segundo tempo, segundo o documento começou às 16h04, mesmo com o atraso de volta ao campo relatado pelo árbitro.

 

Artigo 206 do CBJD - Dar causa ao atraso do início da realização de partida, prova ou equivalente, ou deixar de apresentar a sua equipe em campo até a hora marcada para o início ou reinício da partida, prova ou equivalente.

PENA: multa de R$ 100,00 (cem reais) até R$ 1.000,00 (mil reais) por minuto.

 

E nos próximos dias, o Paulista deverá ser novamente julgado pelo TJD pelo mesmo motivo e pode sofrer novamente uma sanção. Isto porque o árbitro Rafael Gomes Felix da Silva relatou na súmula que o Paulista na partida contra o Velo Clube no último sábado entrou dois minutos atrasado ao campo de jogo – às 14h52, quando deveria entrar às 14h50, para cumprimento de todos os protocolos antes do jogo, que duram em torno de 10 minutos antes do horário previsto para bola começar a rolar (no caso na última rodada era 15h).