O Corinthians precisou se superar para empatar por 0 a 0 contra o Grêmio, em São Paulo, neste domingo (22). Com duas expulsões, o alvinegro se comportou bem defensivamente para garantir um ponto na tabela do Campeonato Brasileiro. Vagner Mancini, ex-treinador do Paulista, concedeu entrevista coletiva e reclamou da arbitragem de Caio Max.

Marllon foi expulso aos 29 minutos do primeiro tempo em lance polêmico. Na segunda etapa, Otero levou o segundo cartão amarelo aos 20 e o Corinthians ficou com nove em campo.

“Eu, sinceramente, não vi direito o lance do Marllon. Antes, deveria ter sido expulso o Darlan. Aí ele já perdeu um pouco a mão. Na expulsão do Otero, acho que os dois cartões foram normais. O que não foi normal é que o Otero recebe uma falta antes do lance. Também é um lance muito questionado. Ele acabou deixando a jogada seguir e na sequência Otero foi expulso. Não tenho nada a falar da expulsão, mas tenho a falar da não expulsão do Darlan e da falta no Otero”, analisou ele, que ainda disse:

“Não tenha dúvida que a arbitragem hoje acabou tendo um peso excessivo. Não gosto de falar de arbitragem porque pode soar como desculpa, mas as duas expulsões tiveram pesos diferentes.”

O Corinthians chega ao quarto jogo consecutivo sem vencer na temporada e está com 26 pontos, na 13ª colocação. O time comandado por Vagner Mancini volta a campo na quarta-feira (25), às 21h30 (de Brasília), em partida antecipada do Campeonato Brasileiro contra o Coritiba, fora de casa.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação