Sem regulamentação por parte da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre o mercado de treinadores que podem dirigir quantos clubes desejarem na mesma competição, um fato bizarro irá ocorrer agora na Copa do Brasil. Rogério Ceni após ter sido eliminado da competição pelo São Paulo, agora pode se vingar e eliminar o rival no mesmo torneio. A gente explica.

Rogério Ceni dirigiu o Fortaleza nas oitavas de final, nos duelos contra o São Paulo. Após empate por 5 a 5 no agregado, o time cearense foi eliminado nos pênaltis com derrota por 10 a 9.

Pelo regulamento da Copa do Brasil, os jogadores do Fortaleza, como goleiro Felipe Alves, o zagueiro Roger Carvalho e o atacante Wellington Paulista não podem mais atuar na competição deste ano, mesmo que se transfiram de clube. Mas esse impedimento não existe para treinadores. Com isso, Rogério Ceni caso confirme sua ida para dirigir o Flamengo, pode comandar a equipe normalmente e enfrentar o São Paulo nas quartas de final e eliminar o time do Morumbi da competição nacional. É a segunda chance que Ceni tem. Só que ele pode ser eliminado pela “segunda vez” pelo São Paulo. É o risco que corre.

 

Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação