O orçamento da Prefeitura de Jundiaí para 2021, de R$ 2,58 bilhões, será votado pela Câmara Municipal na próxima sessão, na próxima terça-feira(1º). A Unidade de Gestão de Esporte e Lazer terá disponível R$ 36.461.600, caso o item único da pauta seja aprovado pelos vereadores.

O projeto é de autoria do prefeito Luiz Fernando Machado. A redução do orçamento no total, em relação ao do ano passado, é de aproximadamente 3%, o que corresponde a R$ 200 milhões. Da administração indireta, a Escola Superior de Educação Física (ESEF) estão previstos R$ 7.652.000,00. Para a Fundação Casa da Cultura e Esportes o orçamento no projeto é de R$ 3.261.000,00.


Receitas

Do total da receita de 2021, de R$ 2,58 bilhões, 80,8% vêm da arrecadação tributária e das transferências da União (SUS, FUNDEB – educação) e do Estado (IPVA, ICMS). Ou seja, essa é a receita corrente que financia as despesas com a folha de salários e a manutenção das escolas, unidades de saúde, hospitais, guarda municipal, limpeza, conservação e outros equipamentos e serviços públicos da cidade.

O ICMS é a maior fonte de arrecadação da cidade, representando 30,6% do total da receita, seguido do ISS (13,2%) e IPTU (8%), entre outras.


Por Redação Esporte Jundiaí