O Paulista promoveu nesta quarta-feira a sua peneira para as categorias de base, especialmente garotos entre 17 e 20 anos. Só que cometeu um equívoco, que merece um puxão de orelhas, na avaliação da reportagem do Esporte Jundiaí: divulgou uma foto em suas redes sociais com aglomeração e mais da metade das pessoas envolvidas sem máscara – especialmente os garotos, o que contraria totalmente as normas sanitárias.

Apenas integrantes da comissão técnica e do apoio do clube usavam máscaras, como ficou demonstrado em outra foto publicada também pelo clube na sua própria rede social.

A peneira foi realizada no campo da AABB Jundiaí e segundo o clube divulgou na abertura das inscrições, apenas 50 atletas participaram como pode ser notado nas fotos.

A avaliação teve a presença de um dos grandes nomes da história do clube, o atacante Isaías, que brilhou no título da Série A2 do Paulistão de 2001 e três anos depois na campanha do vice-campeonato do Paulistão (da Série A1).


Normas sanitárias

Segundo o decreto municipal de número 29.639, de 9 de outubro de 2020, nas páginas 25 e 26, que trata de clubes sociais e recreativos (como se encaixa a AABB, local da atividade) no quarto item diz que as regras de distanciamento devem ser mantidas.

“Desde que respeitadas as diretrizes transversais e específicas deste documento, fica facultado funcionamento de quadras poliesportivas, promoção de atividades esportivas coletivas, o uso de piscinas recreativas e o uso de áreas comuns, a critério e sobre responsabilidade do Clube ou Associação, mantidas as regras de distanciamento e limitação a 60% (sessenta por cento) da capacidade do espaço”, diz o decreto da Prefeitura.

Um decreto estadual de maio deste ano torna obrigatório o uso geral e obrigatório de máscaras. A regra vale para espaços públicos, inclusive transporte por aplicativo, nas 645 cidades paulistas por tempo indeterminado para o combate à pandemia do coronavírus.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação – Paulista FC