Seis partidas foram disputadas na tarde desta quarta-feira (11) e colocaram um ponto final à segunda rodada da fase de grupos da Copa Paulista. Os destaques positivos ficaram com Portuguesa e Botafogo, que conseguiram vitórias confortáveis. Ponte Preta e Guarani, por outro lado, decepcionaram mais uma vez.

Atuando no Canindé, em São Paulo, a Portuguesa atropelou o Nacional e anotou 4 a 0, resultado que deixa os rubro-verdes com seis pontos, na liderança do Grupo 5. Os visitantes estão em terceiro, com três, o mesmo do Água Santa, que fez 3 a 1 no Guarani, no Distrital do Inamar, em Diadema. Os campineiros seguem zerados.

Já pelo Grupo 1, o Botafogo também manteve os 100% de aproveitamento. Em Ribeirão Preto, no Santa Cruz, não teve dificuldades em aplicar 6 a 1 no Rio Preto, que conheceu o segundo revés. Novorizontino e Marília somam três pontos.

Pelo Grupo 4, o São Bernardo Futebol Clube virou para 2 a 1 sobre a Portuguesa Santista, no Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo; enquanto Ponte Preta e Juventus, no Majestoso, em Campinas, ficaram no 1 a 1. Dessa forma, os aurinegros lideram com quatro pontos, um a mais que os rubro-verdes e dois a mais que os grenás. Os alvinegros somam um.

Por fim, no Grupo 3, o XV de Piracicaba bateu o Osasco Audax por 3 a 1, no Barão da Serra Negra, em Piracicaba, e foi aos seis pontos, o dobro da Inter de Limeira e dos visitantes. Primavera, sem nada, segura a lanterna.

Cabe destacar que os três primeiros de cada chave avançam ao mata-mata, além do melhor quarto colocado geral. A Copa Paulista oferece uma vaga à Série D do Campeonato Brasileiro e outra à Copa Paulista - o campeão escolhe qual quer disputar na próxima temporada, enquanto o vice fica com a que sobrar.


Por Redação Esporte Jundiaí