O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) realizou nesta quinta-feira o segundo de dois julgamentos sobre o caso de manipulação de resultados na Série A3 do Campeonato Paulista de 2020. E o Paulista foi julgado e suspenso por quatro meses de qualquer atividade. Como retroage a 7 de outubro, quando foi suspenso preventivamente, o clube está liberado de suas atividades na Federação em 4 de fevereiro de 2021. A informação é do Ge.globo. O Paulista, via seu departamento de comunicação, informou que sobre o resultado do julgamento, dará uma explanação sobre o assunto na segunda-feira, em uma live.

Foram julgados também o Olímpia, além de três jogadores: o lateral Samuel Sampaio, do Paulista; o meia Alexandre Gaúcho e o zagueiro Fernando Andrade, ambos do Olímpia. Todos investigados a partir da suspeita de manipulação de resultado na vitória do Olímpia sobre o Paulista por 3 a 2, em jogo válido pela 12ª rodada da Série A3.


As punições:

Paulista

> multa de R$ 25 mil por infringir artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (deixar de cumprir o regulamento)

>suspensão de 120 dias por infringir artigo 239 (deixar de praticar ato de ofício, por interesse pessoal ou para favorecer ou prejudicar outrem ou praticá-lo, para os mesmos fins, com abuso de poder ou excesso de autoridade).


Olímpia

> multa de R$ 25 mil por infringir artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (deixar de cumprir o regulamento)

> suspensão de 120 dias por infringir artigo 239 (deixar de praticar ato de ofício, por interesse pessoal ou para favorecer ou prejudicar outrem ou praticá-lo, para os mesmos fins, com abuso de poder ou excesso de autoridade).


Samuel Sampaio, lateral do Paulista na Série A3

> multa de R$ 2.500 e suspensão por 360 dias por infringir o artigo 243 (atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende).


Fernando Andrade, zagueiro do Olímpia na Série A3

> multa de R$ 2.500 e suspensão por 360 dias por infringir o artigo 243 (atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende).


Alexandre Gaúcho, meia do Olímpia na Série A3

> Absolvido


Todos os envolvidos, além do próprio TJD, podem recorrer da decisão. Em setembro, a Drade (Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva) passou a investigar uma suspeita de manipulação de resultados em jogos da Série A3 estadual. Os jogos sob suspeita eram Barretos x Linense e Paulista x Olímpia, ambos pela 12ª rodada da primeira fase da competição.


Por Thiago Batista de Olim