Thiago Batista: Que tal árbitro de Itaquera pedir veto de atletas? - Esporte Jundiaí

Propagandas

Thiago Batista: Que tal árbitro de Itaquera pedir veto de atletas?

Para mim é muita hipocrisia em pleno 2020 um dirigente de time pedir veto de árbitros. O último caso ocorreu neste domingo, quando o licenciado (?) presidente do Corinthians, Andrés Sanchez expos publicamente nas suas redes sociais que irá pedir a CBF que o árbitro Caio Max Vieira não apite mais jogos do Corinthians. Pecado dele: ter expulsado dois jogadores do Timão, na opinião de Sanchez que foi injusto.

Agora já que dirigente pode pedir veto de árbitros eu gostaria de ver o processo inverso: que tal um juiz pedir veto de dirigentes para comandar seus clubes. Seria ótimo. Mas que tal um árbitro então pedir o veto de alguns jogadores do próprio Corinthians de atuar no Brasileirão.

Pois pedir veto de juiz para mim se chama CENSURA. É impedir de alguém exercer o seu trabalho em pleno 2020. Até quando esse tipo de conversa vai acontecer no futebol brasileiro para encobrir a incompetência de alguns dirigentes do futebol brasileiro como Andrés Sanchez.

Em tempo: as duas expulsões – Marllon e Otero foram corretas na minha visão. O Corinthians se perdeu na parte psicológica dos seus atletas, só que no banco de reservas tem um treinador que se chama Vagner Mancini que em vários momentos tira leite de pedra. Desde os tempos de Paulista...

Só que em vez de valorizar o grande trabalho de Mancini, Sanchez prefere falar de arbigtragem. Como se o pobre árbitro fosse culpado do Corinthians estar a dois pontos do Z-2. O grande culpado do time brigar por não cair se chama única e exclusivamente Andrés Sanchez. Repito, em caixa alta: ANDRÉS SANCHEZ.


Por Thiago Batista - Jornalista e editor-responsável do Site Esporte Jundiaí

Postar um comentário

0 Comentários