O Corinthians ficou apenas no empate por 1 a 1 contra o América-MG, na última quarta-feira, em Belo Horizonte, e como havia sido derrotado em casa por 1 a 0 está fora da Copa do Brasil. Ao final da partida, o técnico Vagner Mancini, campeão pelo torneio pelo Paulista em 2005, disse que a ordem agora é focar na disputa do Campeonato Brasileiro e que a grandeza do clube voltará a aparecer.

"Tivemos dificuldade nos dois jogos. No primeiro tempo do primeiro jogo e no segundo da segunda partida fomos superiores, embora tenhamos tomado o empate. Nossa equipe teve muita lentidão na saída de bola proporcionou ao América-MG várias saídas de transição rápida. Mas essa grandeza do Corinthians vai voltar aos poucos, vivemos um momento difícil por ter sido eliminado, mas não vamos abaixar a cabeça e dizer que está tudo errado, a equipe vem evoluindo", disse o treinador, após a partida.

"O Corinthians tem que ter a cara do Corinthians, mas também tem de jogar um bom futebol. Fez isso no sábado e hoje (quarta-feira), não. Melhorou muito na segunda etapa, mas muito abaixo na inicial, isso me incomoda e nos faz ter de buscar alternativas. A imposição citada é a que venho pedindo e tenho certeza de que é um diferencial de uma equipe da grandeza do Corinthians. É um clube gigante que tem de recuperar essa imposição seja na parte física, técnica ou tática. É em cima disso que estamos lutando", prosseguiu Mancini.

Com a eliminação, o Corinthians tem apenas o Brasileirão para disputar até o final desta temporada. Instável, a equipe ocupa a modesta 11ª colocação na tabela de classificação. Por isso, a ordem é focar na reabilitação do time na competição.

O Corinthians permaneceu em Belo Horizonte e de lá vai para Goiânia, onde enfrentará o Atlético Goianiense, neste sábado, às 21 horas, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, pela 20ª rodada do Brasileirão.

 

Por Redação Esporte Jundiaí - Foto: Divulgação