O Marília colocou um pé na final da Copa Paulista de futebol masculino ao derrotar o XV de Piracicaba por 3 a 1 na noite deste domingo, no estádio Bento de Abreu, pela partida de ida da semifinal. O time da casa fez um grande segundo tempo, dominou o adversário e acabou saindo com bela vantagem.

Com o resultado, o Marília poderá perder por um gol de diferença para avançar à final. Caso o XV vença por dois gols levará o duelo para os pênaltis. O jogo de volta será nesta quarta-feira, às 15h, no Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

O jogo começou muito preso, com as duas equipes buscando o ataque, mas sofrendo na criação. Fabinho arriscou e mandou rente à trave. Aos 27 minutos, o Marília foi mais eficaz e chegou ao gol. Gustavo Nescau recebeu dentro da área e tocou na saída do goleiro para inaugurar o marcador.

A resposta do XV foi imediata. Jonathan contou com uma falha da defesa do Marília para pegar a bola de frente para o gol e mandar de cabeça para o gol. No fim, o Marília ainda esboçou uma pressão, mas acabou levando o empate por 1 a 1 para o intervalo.

No segundo tempo, o Marília voltou mais ligado e precisou de apenas dois minutos para se colocar novamente na frente do marcador. O árbitro anotou pênalti após o defensor do XV tocar a bola com a mão, dentro da área. Gustavo Nescau foi para a cobrança e fez o seu segundo no duelo.

O gol acabou com qualquer estratégia do XV, que acabou virando presa fácil. Na cobrança de falta de Geninho, Vitor acabou defendendo e evitando novo gol do Marília. O time piracicabano foi responder com Jajá, mas Igor salvou. Garré também tentou, porém, jogou para fora.

O Marília acabou confirmando o bom momento no jogo aos 38 minutos. Geninho recebeu dentro da área e cabeceou para o fundo das redes, acabando com qualquer reação do XV de buscar o empate.

 

Outro jogo

São Bernardo e Portuguesa ficaram no 1 a 1, neste sábado (12), no Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Paulista. O vencedor no jogo da volta decidirá o título. Em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis.

Johnny, de pênalti, abriu o marcador para os mandantes, enquanto Geovani, de falta, deixou tudo igual para o clube da capital. Portuguesa e São Bernardo FC decidirão a vaga para a final na próxima quarta-feira (16), às 19h, no Canindé, em São Paulo.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação