Corinthians lança nota de repúdio contra atos na final da LNF - Esporte Jundiaí

Propagandas

Corinthians lança nota de repúdio contra atos na final da LNF

O Corinthians no começo da noite deste domingo lançou uma nota de repúdio contra os incidentes que ocorreram na disputa da final da competição, onde Sorocaba venceu o jogo por 3 a 0 e ficou com o título.

A nota do Corinthians é a seguinte: “O Sport Club Corinthians Paulista repudia a violência ao final da Liga Nacional de Futsal, em que um agente da GCM de Votorantim disparou gás de pimenta contra o nosso time, ferindo membros da nossa delegação e obrigando um atleta a receber tratamento médico, o que é inadmissível numa festa do esporte. A Diretoria de Esportes Terrestres do clube informa que fará nesta semana uma representação à Liga, em protesto contra todos os incidentes condenáveis que aconteceram, dentro e fora de quadra, na partida final contra o Magnus (Sorocaba)”, descreveu.

Após o cronômetro zerar com vitória por 3 a 0 e título invicto da equipe do interior, os jogadores do Timão foram reclamar com a arbitragem e o tempo fechou. Por meio de sua assessoria, a Liga Nacional confirmou ao site Uol que a Polícia Militar reagiu à reclamação dos atletas corintianos e interveio com gás de pimenta para dispersar o elenco. A assessoria também afirmou que a segurança do local é de responsabilidade do ginásio João Carlos de Camargo, em Votorantim (SP), palco da decisão. A LNF não quis se posicionar sobre o ocorrido.

Segundo a reportagem do SporTV, que transmitia o duelo, seguranças do clube do Parque São Jorge teriam tentado agredir os responsáveis pelo apito após o término do jogo. O capitão alvinegro, Deives, disse que houve até ameaça com arma.

O Corinthians reclama de uma possível sexta falta no primeiro tempo, que daria ao clube a chance de bater um tiro livre quando o placar ainda anotava 1 a 0 para o Sorocaba. A arbitragem viu falta de ataque e a favor do Sorocaba.

Na segunda metade da decisão, o Alvinegro discordou de marcação de penalidade para o time do interior. Na visão dos corintianos, Rodrigo teria cavado o contato e se jogado em quadra. A arbitragem deu o pênalti.


Por Thiago Batista de Olim

Postar um comentário

0 Comentários