Esporte proibido em SP no Natal e ano novo! Estado de SP na fase vermelha - Esporte Jundiaí

Propagandas

Esporte proibido em SP no Natal e ano novo! Estado de SP na fase vermelha

O governo do estado de São Paulo, através do secretário estadual de saúde, Jean Carlo Gorinchteyn e também a secretária de desenvolvimento econômico Patrícia Ellen, anunciou nesta terça-feira (22) o retrocesso de todo o estado de São Paulo para a fase vermelha do plano de contenção da pandemia do novo coronavírus, a covid-19 durante os dias 25 a 27 de dezembro e de 1º a 3 de janeiro (sempre sexta, sábado e domingo). O governo teme uma explosão de infecções nas festas de Natal e Ano Novo - o índice de pessoas que se diz em quarentena caiu, neste mês, ao menor nível desde o início das medidas para conter a pandemia, em março. Com isso, o esporte está proibido de ser praticado em São Paulo nestas datas – apenas atividades físicas individuais como corridas de rua e caminhadas podem ser realizadas.

Na fase vermelha somente o comércio essencial, como padarias, mercados e farmácias, poderão funcionar entre o Natal e o réveillon. Demais estabelecimentos, como lojas de departamento, vestuário, bares e restaurantes, devem ficar fechados. Nas padarias o consumo local estará proibido.

Foi anunciado que região de Presidente Prudente retornará imediatamente para a fase vermelha, a mais restritiva, por causa do avanço nos casos e da falta de leitos de UTI – inclusive fora dos períodos de 25 a 27 de dezembro e de 1º a 3 de janeiro.

Até a manhã desta terça-feira, todo o estado estava na fase amarela, a intermediária entre as cinco, após ter passado 45 dias na fase verde, que permite todas as atividades desde que cumpridos protocolos de distanciamento social, restrição leve de horários e higiene.


Brasileirão pode ser afetado

Com a medida os Campeonatos Brasileiros das Séries A, B, C e D podem ser diretamente afetadas, com as equipes paulistas sendo proibidas inclusive de treinar. Jogos de times paulistas estão marcados para o período natalino, no estado (como Palmeiras x Bragantino, Santos x Ceará no dia 27). Jogos do NBB de basquete masculino e Superliga masculina e feminina marcados no estado também serão afetados.  O Plano São Paulo no seu plano inicial somente permitia atividades de treinamento na fase laranja – e realização de jogos de competições na fase amarela. Detalhes sobre esse assunto chegaram a ser abordados pelo governo do estado de São Paulo durante a entrevista coletiva, com João Gabardo, secretário-executivo do Centro de Contingência, mas o assunto ainda será debatido pelo próprio Centro de Contingência.


Números e outros mudanças

O estado registrou, nas últimas quatro semanas, um salto de 54% nos casos e de 34% nos óbitos causados pela covid. O Estado de São Paulo registrou 45.136 óbitos e 1.388.043 casos do novo coronavírus - com 1.222.776 pessoas recuperadas.

Também foi anunciado que haverá uma “trava” que impedirá que as regiões passem para a fase verde, que é mais branda nas medidas de isolamento. A nova reclassificação do estado de São Paulo no Plano São Paulo mudou de 4 para 7 de janeiro.

Além disso, o governo estadual destaca que os prefeitos poderão ser mais restritivos, com base na situação local e seguindo decisões do Supremo Tribunal Federal.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação – Governo do Estado de SP

Postar um comentário

0 Comentários