O Esporte Jundiaí montou o ranking da década do futebol amador de Jundiaí. Um ranking com critérios técnicos, com pontuação aos times que foram bem apenas em competições consideradas “oficiais” do nível adulto, que foram organizadas apenas por Liga Jundiaiense de Futebol e Prefeitura Municipal de Jundiaí. E na soma dos nove anos que teve competição, já que 2020 não tivemos competição de futebol amador de maneira oficial, o melhor clube é o Estrela da Ponte, com vantagem apertada para a segunda colocada a Ponte Preta da Agapeama. O Marlene terminou em terceiro, fechando o pódio.

Somente três torneios constam na lista e são os seguintes:

- Série A do Campeonato Amador de Jundiaí (Liga Jundiaiense de Futebol)

- Campeonato Regional de Jundiaí (Prefeitura de Jundiaí)

- Série B do Campeonato Amador de Jundiaí (Liga Jundiaiense de Futebol)


Não entram na conta competições como Copa Vila Maringá como ocorreu na primeira parte desta década, Copa Nacional de futebol, Copa Vila Cristo, Copa Serra do Japy, Copa Japy, Copa Aramis Polli, Copa Guanabara, Copa Vetor Oeste e Copa Bom Jardim. Também não entram torneios da categoria master e veteranos organizados pela Liga Jundiaiense de Futebol, nem também Campeonato Aberto das categorias de base – organizados pela Prefeitura de Jundiaí. Somente Amador Série A e B de Jundiaí e o Regional valem para o ranking.

Os critérios para pontuar as equipes foram as seguintes:

- Ser um dos oito melhores times da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí ou do Campeonato Regional no ano que ocorreu a competição (2010-2019)

- Ser um dos quatro melhores times da Série B do Campeonato Amador de Jundiaí no ano que ocorreu a competição (2010-2019)


Por estes critérios não entram times que ficaram abaixo do 9º lugar no Campeonato Amador de Jundiaí ou do Campeonato Regional ou 5º lugar para baixo na Série B do Amador de Jundiaí – times que não conquistaram o acesso na Segundona. Para o Campeonato Regional somente conta a classificação final (não vale títulos de região) e a Série Prata de 2019 do Regional foi desconsiderada. Pontos acumulados por duas competições valem, caso do Grêmio Eloy em 2018, que foi semifinalista da Série B do Amador de Jundiaí e quadrifinalista do Campeonato Regional de Jundiaí.


A pontuação para cada competição foi feita da seguinte forma:

Série A do Amador de Jundiaí – Por ano

- Campeão: 25 pontos

- Vice-campeão: 18 pontos

- Semifinalista: 15 pontos

- Quadrifinalista: 10 pontos


Campeonato Regional de Jundiaí – Por ano

- Campeão: 20 pontos

- Vice-campeão: 15 pontos

- Semifinalista: 12 pontos

- Quadrifinalista: 8 pontos


Série B do Amador de Jundiaí – Por ano

- Campeão: 8 pontos

- Vice-campeão: 5 pontos

- Semifinalista: 2 pontos


Por estes critérios os 10 melhores times do futebol amador de Jundiaí nesta década são os seguintes: Estrela da Ponte (141 pontos), Ponte Preta (131 pontos), Marlene (124 pontos), Jamaica (108 pontos), Palmeiras (85 pontos), Shangai (60 pontos), Gaviões da Japy (51 pontos), Resenha / Caldeirão (47 pontos), Sport Sorocabana (40 pontos) e Nove de Julho (40 pontos). O ranking completo você observa logo abaixo:






Por Thiago Batista de Olim - Foto: Thiago Batista de Olim