O Fluminense confirmou a saída de Odair Hellmann, que aceitou uma proposta do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, de US$ 2,1 milhões (cerca de 10,7 milhões de reais) por 18 meses de contrato. O clube ainda anunciou que Marcão assumirá o comando do time até o fim da temporada, que irá até fevereiro devido à paralisação da temporada entre março e junho. O auxiliar tem números fracos como treinador de uma equipe profissional ou sub-23: apenas 43% dos pontos conquistados.

Marcão entre ano passado e esse ano comandou o Fluminense nos seguintes campeonatos: Brasileirão da Série A, Brasileirão de Aspirantes, Campeonato Carioca e Copa Sul-Americana. Em 48 jogos, foram 16 vitórias, 14 empates e 18 derrotas. Foram 62 pontos ganhos de 144 disputados, aproveitamento de 43% dos pontos.

Odair Hellmann comandou o Fluminense por 50 partidas, entre oficiais e amistosos. O aproveitamento neste período foi de 56% (24 vitórias, 12 empates e 14 derrotas).

Este ano Marcão no comando do Flu no Brasileiro de Aspirantes tem campanha ruim: quatro vitórias, dois empates e duas derrotas.

Será a segunda temporada seguida que Marcão assume o time do Fluminense na reta final do Brasileiro. No ano passado ele comandou a equipe no lugar do demitido Oswaldo de Oliveira.

Ele encontra o Fluminense no Brasileirão como quinto colocado, com 39 pontos, e briga por uma vaga na Libertadores da América. Restam 14 rodadas para o fim do Brasileiro.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação