Nenê não brilhou de forma intensa na noite deste sábado no estádio do Maracanã. Especialista nas bolas paradas, especialmente em cobranças de pênalti, o jogador jundiaiense desperdiçou uma cobrança pelo Fluminense. Só que depois ele marcou um gol que ajudou o time carioca a vencer em casa o Athletico Paranaense, por 3 a 1, pela 24ª rodada do Brasileirão.

O erro de Nenê ocorreu após jogada dele próprio. O meia arriscou chute a gol aos 12 minutos, mas a bola teve sua trajetória cortada pelo braço de Thiago Heleno na grande área. O árbitro marcou pênalti. O jogo já estava 1 a 0 para o Furacão. O camisa 77 cobrou a penalidade, fazendo paradinha, mas telegrafou que bateria no canto direito. A cobrança ainda sendo rasteira facilitou para o goleiro Santos, recentemente convocado para seleção brasileira praticar a defesa.

Foi a primeira penalidade que Nenê desperdiça no Brasileirão. Nas quatro cobranças anteriores, o meia-atacante de Jundiaí converteu para o Flu.

Só que aos 25 minutos do segundo tempo, Nenê mostrou faro de centroavante para empatar o jogo no Maracanã. Marcos Paulo fez passe para Nenê apenas empurrar para o fundo das redes e fazer o gol.

Foi o oitavo gol de Nenê na atual atuação edição do Brasileirão. Ele marcava desde a 15ª rodada, quando fez de pênalti, na vitória contra o Bahia por 1 a 0. Desde então atuou cinco vezes e não tinha balançado as redes, e nem chegou a ficar os 90 minutos em campo, nas cinco oportunidades.

Nenê saiu aos 37 minutos do segundo tempo na noite deste sábado e viu Marcos Paulo marcar os outros gols do Flu, e assim o time carioca venceu mais uma na competição.


Por Thiago Batista de Olim - Foto: Divulgação